Corpo de Intervenção recupera produtos e identifica gatunos

24/10/2013 00:03 - Modificado em 23/10/2013 23:37

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Corpo de Intervenção na ilha de São Vicente está a realizar uma acção policial para combater a criminalidade nalgumas zonas da ilha consideradas como” pontos negros.”Nas suas rondas pela cidade do Mindelo e arredores, os agentes da CI descobriram locais que foram transformados em “paraísos” por “caçubodistas” . O Corpo de Intervenção identificou alguns indivíduos e recuperou alguns equipamentos.

 

O NN apurou que o Corpo de Intervenção não tem dado trégua aos cidadãos que lidam com o fenómeno “caçubody” que, apesar de apresentar uma redução de casos, continua a assolar a população de São Vicente. O relato de pessoas que foram atacadas por “caçubodistas” prossegue, enquanto a Polícia procura colocar um freio aos indivíduos que andam pela ilha em busca de “novas vítimas” para sustentar o próprio vício.

 

Diligências

 

O certo é que o Comando da Polícia Nacional tem conseguido deter alguns gatunos em flagrante delito e o Tribunal tem tido mão pesada mandando-os para a prisão preventiva. E no domínio do combate à criminalidade, o Corpo de Intervenção continua a prestar o seu serviço aos são-vicentinos, pelo que tem em curso um plano de acção de vigilância nos locais considerados como pontos negros da criminalidade e de predominância de ataques dos “caçubodistas”.

 

Neste sentido, o CI, para além das patrulhas diárias, realizou incursões para identificar gatunos e recuperar produtos roubados por alguns suspeitos em zonas como a Ribeirinha, Monte Sossego, Fonte Francês, Centro da Cidade, Chã D´Alecrim, Ribeirinha, nas imediações do Mercado da Ribeirinha, da Cadeia de São Vicente, Alto Sentina, Impena, Vila Nova e Lombo Tanque.

 

Acção policial

 

Segundo o que apurámos, os agentes da CI recuperaram vários objectos de uso pessoal, tais como telemóveis e carteiras que foram roubadas a pessoas que circulavam por essas zonas. E que alguns indivíduos foram entregues ao Tribunal da Comarca de São Vicente para a aplicação de medidas vigentes na lei.

 

Este online sabe que o Corpo de Intervenção vai prosseguir com a sua acção policial para evitar que haja continuidade de acções criminosas em diversas áreas da ilha. E ainda garantir a segurança das pessoas que circulam na via pública, nomeadamente com um trabalho “detalhado” nas áreas consideradas como pontos negros da criminalidade.

  1. Fiat Lux

    Sozinha a Polícia não poderá proporcionar aos cidadãos de Bem a tão almejada liberdade de andar de dia ou de noite sem o receio de ser atacado despojado dos seus pertences e até pancadeado. Os cidadãos de Bem têm a missão de auxiliar a Polícia, informando objectivamente sobre a movimentação ou actos de pessoas suspeitas com a identificação a mais clara possível dos marginais, para permitir acções concretas e eventual captura .

  2. Traumatizada

    Falamos em diminuição, sim é verdade, parabéns as nossas autoridades, mas a verdade é que continuam a colocar o terror nas pessoas e a saquear o que foi adquirido com muito esforço, continuam a colocar o medo quando se sai a rua, enfim, por isso ficamos mais aliviados quando ouvimos dizer que alguns desse delinquentes foram apanhados e levados para a cadeia, de onde não devem sair. Sobre as zonas é de destacar que esses vagabundos também actuam nas zonas onde menos se espera, Vigiam essas zonas!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.