Naciri foi assassinado com uma facada no lado direito do peito

21/10/2013 00:04 - Modificado em 20/10/2013 22:37
| Comentários fechados em Naciri foi assassinado com uma facada no lado direito do peito

FACAA Polícia Judiciária e a Delegacia de Saúde de São Vicente, acompanhadas por uma médica legista, realizaram a autópsia ao corpo do cidadão marroquino Nouredinne Naciri assassinado a bordo do navio de pesca “Príncipe das Marés” para apurarem a causa da morte. Com a intervenção da especialista, os indícios revelaram que a vítima sofreu um golpe de faca no lado direito do peito e que não resistiu à lesão.

 

O exame médico foi realizado na sexta-feira, 18, uma vez que o corpo do homem estava em câmara fria porque as autoridades aguardavam a disponibilidade da especialista da cidade da Praia para a realização da autópsia para que se pudesse determinar a causa da morte. O NN apurou que a vítima tinha apenas um ferimento no corpo, no lado direito do peito, provocado por um objecto pontiagudo.

 

Com a realização da autópsia, as autoridades confirmaram que Naciri, de 45 anos, faleceu ao ser atingido por uma faca no peito que lhe atingiu o pulmão, situação que culminou na morte da vítima. É sabido que, de acordo com os testemunhos dos tripulantes do pesqueiro à PJ, Naciri estava a dormir quando foi atacado com uma faca pelo cozinheiro. O Departamento da Polícia Judiciária está a aguardar a chegada do relatório médico elaborado pela médica legista, onde a especialista avança os dados concretos sobre a causa da morte.

 

E, ao que tudo indica, trata-se de uma lesão grave nos pulmões, como explica um médico contactado pelo NotíciasdoNorte. “Vazamento de ar para fora dos pulmões o que provoca um colapso circulatório, seguido de morte, pois o coração e os vasos sanguíneos são empurrados quando o ar ocupa o tórax, situação a que damos o nome de pneumotórax” sublinha o entrevistado.

 

Depois de receber o relatório médico, a Polícia Judiciária vai avaliá-lo e depois anexá-lo ao processo de investigação que será realizado pela Brigada de Homicídios para apurar os factos que resultaram na morte de Nouredinne. Bonifácio Rocha, o autor do crime, encontra-se em prisão preventiva e vai ser sujeito a um exame de sanidade mental, para apurar se padece de alguma anomalia psíquica.

 

Transladação

 

O NN apurou que a agência funerária Freitas e Fortes está a realizar as diligências para efectuar a transladação do corpo de Naciri. Contactada, a agência funerária avança que foi realizado o processo de embalsamamento e que falta saber o destino para que possam programar a viagem. Mas este online sabe que as expectativas da família da vítima é que o corpo seja levado para a cidade de Marin, na Galiza, em Espanha, para que os familiares e as pessoas da comunidade onde a vítima vivia possam realizar uma homenagem. E que depois, o corpo será transladado para a sua terra natal, Marrocos, para a realização do funeral.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.