Usar a cultura para fortalecer a economia

16/10/2013 00:04 - Modificado em 15/10/2013 23:44

LelisA cultura, com o dinamismo que traz à economia da ilha nas suas diversas vertentes, faz com que seja uma área de grande atenção por parte da CMSV na materialização da ideia “Mindelo, cidade de eventos”. Isto não apenas pelo dinamismo cultural, mas pelo estímulo económico. “Creio que são nestes momentos que sentimos que o sector económico da ilha pulsa em todas as áreas e em todos os sentidos”, refere Humberto Lélis, Vereador do pelouro da Cultura, que acrescenta que durante o período dos eventos culturais há pessoas a trabalhar e menores dificuldades financeiras.

 

As actividades culturais realizadas ao longo do ano são classificadas pelo Vereador Humberto Lélis, do pelouro da Cultura, como “momentos únicos, próprios da ilha de São Vicente”. Entre estas actividades, destaca o Carnaval, o Festival Internacional de Música da Baía das Gatas, a festa do fim do ano e os momentos de teatro da ilha, Março Mês do Teatro e o Festival Internacional de Teatro Mindelact.

 

O plano de actividades e de orçamento para 2014 da edilidade foi aprovado e a aposta do pelouro da Cultura é “dar continuidade às actividades culturais da ilha e apoiar várias iniciativas privadas que reforçam o cartaz cultural”.

 

“Mindelo já é uma cidade de eventos; há que reforçar e contribuir e estimular a sociedade privada a ter uma maior intervenção na sociedade civil no reforço desta ideia”, sublinha Lélis. Nesta perspectiva, o Vereador acrescenta que a edilidade vai trabalhar no que já existe, incutindo melhor qualidade como o Carnaval e o Festival, e reforçar aqueles que vêm aparecendo para que tenham apoio e sejam também de qualidade.

 

  1. Esqui

    Infelizmente estamos mal servidos, pela cupula da Cultura em SV.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.