Cozinheiro mata tripulante a bordo de barco de pesca e atira-se ao mar

15/10/2013 01:00 - Modificado em 15/10/2013 15:40
| Comentários fechados em Cozinheiro mata tripulante a bordo de barco de pesca e atira-se ao mar

navioO NN apurou que a Polícia Judiciária vai ser accionada para realizar as investigações para apurar os factos relacionados com a morte de um cidadão marroquino a bordo de uma embarcação de pesca. O homem terá sido morto à facada por um cidadão, natural da ilha de São Vicente que há alguns dias embarcou no barco para assumir a função de cozinheiro.

 

O caso ocorreu a cerca de 500 milhas ao largo da ilha de Fogo, quando o navio “Príncipe das Marés”, com 13 tripulantes a bordo, se encontrava em alto mar para mais um dia de faina. O crime ocorreu no compartimento onde a vítima se encontrava a repousar depois de terminar o seu serviço.

Em declarações à RCV, o armador afirmou estar surpreendido com a situação e que as causas do incidente continuam por apurar. Mas sabe que o suposto autor, um homem de 45 anos, atingiu mortalmente um cidadão marroquino com uma arma branca. E ainda feriu outros dois colegas, de nacionalidade estrangeira nas costas, nas mãos e na barriga, mas estes encontram-se fora de perigo.

Quanto ao indivíduo, este tentou pôr termo à sua vida, atirando-se para o mar, mas depois de quatro horas de buscas, foi resgatado pela tripulação da embarcação que o “deteve” em segurança para que possa ser entregue às autoridades judiciárias. A embarcação deve chegar nas próximas horas à ilha de São Vicente e o caso será entregue às instâncias competentes, no sentido de averiguarem a situação e tomarem as medidas previstas na lei contra o suposto assassino.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.