Julgamento do ex-gerente do BCA: Alcindo diz que parte do dinheiro foi transferido para Espanha e que terá sido burlado

6/06/2012 02:00 - Modificado em 6/06/2012 02:00

O julgamento do ex-gerente do Banco Comercial do Atlântico (BCA) do Porto Novo, Alcindo Rocha, começou, ontem, na sala de audiências do Tribunal Judicial desta Comarca, com fortes medidas de segurança, facto que chamou atenção de muitos curiosos.

 

Dezenas de pessoas concentraram-se à frente ao edifício do Tribunal Judicial da Comarca do Porto Novo, curiosas para saberem informações sobre o caso que abalou Porto Novo em Outubro de 2011, quando Alcindo Rocha foi preso acusado de desvio de avultadas somas na Agencia do BCA do Porto Novo.

A sala de audiências do TJCPN esteve também, nesta primeira sessão do julgamento, apinhada de gente que queria ficar por dentro dos meandros deste processo, em que o ex-gerente do BCA é suspeito de desviar cerca de 150 mil contos da agência, que dirigiu durante cerca de dez anos. Na audiência de ontem, o acusado deu a entender que grande parte do dinheiro foi parar a outras contas em Espanha, onde o próprio Alcindo Rocha estaria a ser vítima de burla por  parte de terceiros.

Assim o arguido levanta o véu sobre o grande mistério deste caso: para onde foi transferido o dinheiro e quem o recebeu. Resta esperar pelas próximas sessões para entender qual é a estratégia da defesa e se isso passa por o arguido “colaborar com a justiça” contando a verdade.

Alcindo Rocha, tido, até à altura em que foi preso, como pessoa séria e muito respeitada no meio portonovense (foi inclusive deputado da Nação) é acusado de crimes de abuso de confiança e falsificação de documentos, de forma sucessiva.

O julgamento, pela complexidade do caso, promete durar, devendo a próxima sessão ter lugar no dia 13 de Junho.

 

  1. Maria

    Burla????? Sei…só se for dos seus colegas de partido!! Que Imbecil, mesmo que seja “burla”, como é que ele permitiu isso com deiheiro alheio?? Porque não usou o dele?
    É bom que tratem rapidinho de repor o dinheiro dos que este senhor tem a viver quase na desgraça!
    A instituição que é responsável por ter deixado este senhor a dar este golpe, deve imediatamente ressacir os prejudicados…lembrem-se também dos juros que o seu dinheiro poderia estar a render! Há que ter seriedade!?

  2. Neves

    Era só o que faltava nessa história!? O burlador alega que foi burlado por outro burlador :):):)
    Parece aquela história da Lancha Voadora, em que os arguidos fazem de tudo para furir ao julgamento!!! Isto é, os traficantes e burladores querem sair da cena do crime a todo custo, Mas quem é que eles pensam que vai ficar no lugar deles?????

  3. Nita Fortes

    Gostaria de saber qual serà a politica que este senhor vai seguir relativamente ao Urbanismo que constitui um escândalo em S.Vicente. A equipa precedente e a actual permitiram a descaracterização do Mindelo nomeadamente a construção de gaiolas em plena cidade e isso caso para eu não dar o meu voto.

  4. Depois da lição, já é altura de aprender e o Estado caboverdiano criar o seu Tribunal de Contas em parceria com o Banco de Cabo Verde, como periódicos inspectores daquilo que os bancos andam a fazer. O BCA não deixa de ter culpas no cartório, deve igualmente possuir um método de controlar o processo daqueles que tendo responsabilidades, podem actuar desta maneira. Isto cria má imagem e cataloga um país pela rama baixa. Bom seria que as instâncias nacionais fossem à Holanda ou Suécia aprender.

  5. S Vicente

    Como reformado bancário devo dizer a Dª Maria , que o banco reponhe IMEDIATAMENTE, qualquer dinheiro desviado da conta dos seus clientes , o único prejudicado neste caso foi a própria instituição, que através dos tribunais vai penhorar todos os bens pertencentes ao criminoso para que possa ressarcir do prejuízo.

  6. On line

    Deviam era exigir que ele devolvesse o dinheiro, por que nesse vai vem da Justiça cabo-verdiana, já vi que essa tb vai ser mais uma lenda, no vasto reportório de Corrupção em Cabo Verde. Ma tem gente pe tud dvera!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.