Uso do taxímetro passa a ser obrigatório em 2014

10/10/2013 01:14 - Modificado em 10/10/2013 01:14
| Comentários fechados em Uso do taxímetro passa a ser obrigatório em 2014

taximetroO uso do taxímetro ainda não faz parte da realidade de muitos taxistas em Cabo Verde. O aparelho serve para marcar, em função da distância percorrida ou do tempo despendido, a quantia exacta a pagar pelo utente. E neste sentido, por determinação das autoridades rodoviárias, vai haver a reintrodução do taxímetro, pelo que em Janeiro de 2014, passa a ser obrigatória a sua utilização.

 

A Direcção-geral de Viação e Segurança Rodoviária garante que para pôr cobro à cobrança desleal praticada pelos taxistas durante o transporte de passageiros, o taxímetro foi introduzido em 1999 para ser utilizado nos táxis existentes na ilha de São Vicente, Sal e Cidade da Praia, mas com o passar do tempo caiu em desuso.

 

Mas agora, as autoridades rodoviárias pretendem dar a volta à situação, por isso, para fazerem cumprir a lei, a partir de Janeiro de 2014, o uso do taxímetro passa a ser obrigatório. Isto porque defendem que “por questão de disciplina, de cumprimento da lei e por uma questão de fazer com que os clientes paguem um preço justo pelo transporte”.

 

De realçar que antes da entrada em vigor da utilização obrigatória desse aparelho nos táxis, a Direcção-geral de Viação e Segurança Rodoviária vai realizar uma campanha de sensibilização. E para fazer a sua reintrodução nas estradas e cumprir com a lei, as autoridades esperam contar com o apoio da Polícia Nacional, dos utentes e dos proprietários de táxis.

 

Mas este online sabe que muitos taxistas não querem saber da regulamentação e vão dando o preço que lhes convém, operando diversas oscilações: se o cliente é nacional ou estrangeiro, grau de conhecimento da cidade, domínio ou não das tarifas estipuladas na lei para o uso do taxímetro.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.