Guerra dos gabinetes: “o presidente da CMSV tem uma cultura antidemocrática”

9/10/2013 00:41 - Modificado em 9/10/2013 00:41
| Comentários fechados em Guerra dos gabinetes: “o presidente da CMSV tem uma cultura antidemocrática”

A guerra dos gabinetes voltou a Assembleia Municipal com os eleitos do PAICV defenderam que a CMSV não quis atribuir pelouros aos deputados do partido, quando o PAICV fez uma contraproposta àquela apresentada pelo presidente da CMSV, apesar de não ter havido um consenso entre as partes.

 

Reagindo ao discurso do presidente da CMSV que assegurou que os pelouros foram distribuídos a quem quis trabalhar, o líder da bancada do PAICV na AM, Alcides Graça defendeu que o discurso de Augusto Neves é de quem afirma que “eu posso, quero e mando”.

 

 

Alcides Graça sublinha que a Câmara Municipal é plural e que os vereadores foram eleitos pelo povo de São Vicente, por isso, com base nesse princípio devem ter o próprio gabinete. “A questão da profissionalização é da competência do presidente. Mas a atribuição de gabinetes para trabalho, isso é obrigado a fazê-lo, porque caso contrário, o seu mandato fica manchado, porque demonstra a sua cultura antidemocrática” acrescenta o líder da bancada do PAICV.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.