Heroína e álcool causaram a morte de Cory Monteith

8/10/2013 10:51 - Modificado em 8/10/2013 10:51
| Comentários fechados em Heroína e álcool causaram a morte de Cory Monteith

CoryO relatório final revela que foram descobertas seringas e garrafas de champagne no quarto de hotel onde o actor foi encontrado sem vida, em julho.

 

A causa da morte do ator Cory Monteith, 31 anos, conhecido por atuar na série Glee, foi a combinação do uso de heroína e ingestão de champanhe, segundo o relatório final da patologia, já divulgado.

 

O documento refere que, quando os socorristas chegaram no local, encontraram uma “colher com resíduos de drogas e uma agulha hipodérmica usada. Também foram encontradas duas garrafas de champagne vazias e copos”.

 

O relatório revela que a causa da morte do ator foi “a mistura de drogas, envolvendo o uso intravenoso de heroína combinada a ingestão de álcool”.

 

No mesmo documento pode ler-se, ainda, que o ator tinha um histórico de uso de drogas ilícitas, tendo feito tentativas de reabilitação. O relatório também sugere que a tolerância de Cory para a ingestão de drogas podia estar diminuída neste período, uma vez que tinha passado por um período de reabilitação em que não consumiu estupefacientes.

 

Recorde-se que Cory foi encontrado morto no quarto do hotel Pacific Rim, em Vancouver, no Canadá, na noite do dia 13 de julho. O actor era namorado de Lea Michele, colega do elenco da série Glee.

 

Recentemente, o produtor executivo de ‘Glee’, Ryan Murphy, divulgou a primeira foto do tributo ao actor Cory Monteith, junto da qual pode ler-se “The hardest word to say is ‘goodbye'” (ou, em português, “A palavra mais difícil a dizer é ‘adeus'”).

 

 

activa.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.