Reclusos ficam dentro das celas

3/10/2013 00:46 - Modificado em 3/10/2013 08:48

prisao7Devido à greve dos agentes prisionais, os reclusos da Cadeia de São Vicente não tiveram o direito de sair das celas para cumprirem a sua hora de liberdade ao ar livre. Este online soube que por razões de segurança e para evitar uma evasão ou rebelião dos reclusos, dada a ausência dos agentes prisionais, as autoridades optaram por manter os presos nas celas.

 

O NN apurou que na quarta-feira, os reclusos da Cadeia de São Vicente deveriam deixar a suas celas para terem direito àquilo que a lei prevê: duas horas de recreio no pátio do estabelecimento prisional sob vigilância de agentes prisionais. Mas o certo é que os agentes estão em greve, pois reivindicam que o Ministério da Justiça não estava a cumprir com o acordo assinado para fazer o pagamento de serviços prestados pela classe, revisão da grelha salarial, integração de novos agentes, de entre outras reivindicações.

 

Dada a ausência dos agentes prisionais para vigiar os reclusos, o Ministério da Justiça decidiu chamar a Polícia Nacional para prestar apoio na segurança, por se sentir que as prisões não podem ficar abandonadas. E, com cerca de 400 reclusos na Cadeia de São Vicente, as autoridades invocaram a falta de condições de segurança para levar os presos ao pátio, por isso, vedaram-lhes o acesso à liberdade provisória, já que a PN não tem essa competência.

 

Este online soube que se “está a respeitar na íntegra os direitos dos reclusos, mas perante a situação de greve dos agentes, a questão de segurança das prisões torna-se primordial. Compete aos agentes prisionais fazer o trabalho de vigilância dos presos enquanto estiverem em liberdade, mas dada a sua ausência, joga-se pelo seguro. Por isso, os reclusos tiveram apenas a alimentação e a higiene por sequência de sectores e depois regressaram às celas.

 

Com a greve em curso, os reclusos só poderão ver a luz do sol na sexta-feira com o fim dessa acção de luta. Por agora, as autoridades competentes e a Polícia Nacional estão a controlar da melhor forma a segurança da Cadeia de São Vicente. Mas sabe-se que, caso houver indicações de necessidade de reforço humano, o Governo deverá fazer a requisição civil dos agentes prisionais.

  1. francisco lascado

    Os Agentes tem toda razao tem que ser digno o trabalho que eles prestam. e riscos que eles correm no desempenho das suas ingrate funcoes.

  2. francisco lascado

    com tanta exigencia dinheiro que e bom nada. forca agentes eu estou plenamente com voces nao desanimam Vitoria e certa.
    .

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.