Mundial 2014: Mário Semedo mantém fé num milagre

3/10/2013 00:53 - Modificado em 3/10/2013 00:53

Mario SemedoO presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, Mário Semedo rompeu o silêncio e veio a público abordar a decisão da FIFA que negou o recurso interposto pela FCF sobre a exclusão dos Tubarões Azuis do play-off de acesso ao Mundial 2014 no Brasil. Mário Semedo não aceita a decisão da FIFA, por entender que a “razão está do lado de Cabo Verde”, por isso, a FCF vai recorrer ao Tribunal Arbitral do Desporto.

 

O presidente da FCF não avança com o conteúdo dos factos que o Departamento Jurídico da FCF vai invocar junto do TAS, para que esta entidade dê uma decisão favorável ao pedido dos Tubarões Azuis que contestam a sua exclusão da fase de play-off de acesso ao Mundial 2014.

 

Este online sabe que os Tubarões Azuis têm 21 dias para interpor uma acção de protesto junto do Tribunal Arbitral do Desporto na Suíça. Recorde-se que a selecção cabo-verdiana foi excluída do play-off, por decisão da FIFA que atribuiu a derrota de 3-0 aos Tubarões Azuis no encontro que estes venceram à Tunísia por 2-0, por uso indevido do jogador Fernando Varela.

 

Na sua decisão, a FIFA deu razão ao protesto da Tunísia, alegando utilização irregular desse defesa central que deveria cumprir o terceiro de quatro jogos de suspensão frente aos tunisinos após ter sido expulso no jogo com a Guiné Equatorial por conduta antidesportiva.

 

Os Tubarões Azuis interpuseram um recurso, mas a FIFA manteve o castigo, pois defende que o regulamento disciplinar no seu ponto 4 do artigo 18, afirma que um jogador expulso tem sempre de cumprir castigo, mesmo num jogo que mais tarde venha a ser decidido na secretaria.

 

A FCF não partilha dessa decisão, por isso, vai voltar a contestar, mas desta feita no TAS, por entender que as medidas disciplinares do jogo onde foi atribuída uma vitória de 3-0 a Cabo Verde contra a Guiné Equatorial deixaram de ter efeitos. Há quem defende que este novo recurso não vai mudar o cenário que desolou um povo que sonhava com a presença no play-off. Mas o certo é que a FCF insiste em tentar a sua sorte, agora resta esperar pelo milagre do TAS.

  1. Rebera Bote

    Antes os badios eram “Pliça ou Guarda d’Alfândega”, hoje em dia são todos “chefonas” e responsaveis de nada.

  2. Dullak Sena

    Nos terra ten k para k padrinhagem e bairismo, postos e empregos deve ser atribuide mediante competencia e aptidão.é melhor maneira de nos terra continua te progredi e da Alegria à sé povo. Na ess catastrofe li Mario Semedo e tud kis decisionarios de nos federaçon foi incompetente, pretenciosos e negligente. hoje no ta na un mundo que comunicação, como internet et telefone é assecivel a todos nenhu tive inteligencia e presença de esprituto pa questiona sé propria competencia (continua)

  3. Dullak Sena

    pa questiona até ondé era sis limite e investiga pa tma un decisão, que tive tanta repercurção de forma tão pouco refeltida, moda te mostra k facto de Varela isga ou não pouco ou nada tava influencia resultado mod nos seleção tem mais alternativas Peks, Rivaldo e mais un data, k de certeza tava honra tão bem k nos adorod Varela, que em nada deve ser culpabilisod pois el foi camod pa defende se patri ae el fazel de melhor maneira. No prende k nos erros pa no avança e ser cada vez mais forte.

  4. Dullak Sena

    Ribeira bote bo comentario é feio, racista, e meskinho! na nos BI ten nacionalidade Caboverdiano. pa bo dze algo tão detestavel é k bo ka ten memoria pa lembra o k nos entepassados sofré k escravatura eque tud descreminaçon que no te sofre. Antes de acontecido, Vitorias era festejod na tud ilha de CV de mesma maneira nos tud era Tubarão ma na hora de dificuldade é covarde de atira culpa de cima de outra pessoas e subia paro o lado, no manté nos unidade, e fala de un so voz CABOVERDIANOS!

  5. pol d'sal

    Racista…

  6. Tubarão Saovicentino

    O Mario Semedo devia sentir vergonha de vir aqui justificar que ainda tem esperança no play off, qdo sabe que a FIFA não volta tras nas suas decisões, espero que ele e a sua equipa tenha vergonha na cara e colocar os seus cargos a disposição, pq cabo verde esta de luto devido a essa cambada de incompetentes que deitaram o esforço dos jogadores e o sonho dos caboverdeanos no vento, incompetentes de uma do diabo.

  7. alfredograça

    tonté kume ti ta ba desenbolsa pa kubri kel 65000EUROS

  8. Mário da Costa

    Eu também acho que cometemos erro. E que se deve assumir as responsabilidades. O que me fica difícil entender é o porquê de tanto ódio para com Mário Semedo, esquecendo tudo que este senhor fez em prol do nosso futebol e de Cabo Verde. Ou melhor, entendo. E que Mário Semedo por azar dele não é do PAICV. As intervenções que tenho visto seja nos jornais seja na televisão, são na maioria de motivações político-partidárias e de ciúmes. Eu pergunto, porquê que estes moralistas não pediram a demissão de José Maria Neves quando por incumprimento das leis (segundo o relatório do inquérito) construiu uma ponte que custou milhões aos cabo-verdianos e que a sua queda até fez vítimas mortais?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.