IMP abre inquérito

30/09/2013 00:01 - Modificado em 29/09/2013 23:22
| Comentários fechados em IMP abre inquérito

investigacaoTudo indica que o navio Rotterdam, desaparecido a 8 de Setembro quando deixou o cais da Praia rumo à ilha da Boa Vista, esteja no fundo mar. As autoridades marítimas decidiram suspender de forma definitiva as buscas da embarcação, não descartando a possibilidade de ter havido um naufrágio. Por agora, as autoridades, não conseguem desvendar o mistério sobre o paradeiro do Rotterdam, mas asseguram que vão realizar uma averiguação para esclarecer o caso.

 

Depois de comunicar aos familiares dos tripulantes do navio Rotterdam que as buscas para encontrar os cidadãos foram “infrutíferas”, as autoridades marítimas vieram a público anunciar que já se esgotaram todas as possibilidades técnicas de encontrar o cargueiro desaparecido há 21 dias com sete tripulantes a bordo.

A Capitania dos Portos de Barlavento, coordenadora dos Serviços Nacionais de Busca e Salvamento no mar assegura que durante as operações foram utilizados meios terrestres, aéreos e marítimos que percorreram uma extensão de 34.150 milhas quadradas, porém, não foi encontrado nenhum vestígio do navio Rotterdam.

E com base nos resultados das buscas, as autoridades marítimas optaram pela suspensão definitiva, mas que “mantêm-se esperanças de encontrar o navio e a tripulação com vida”. Por outro lado, a Capitania dos Portos voltou a contrariar a notícia de que havia pessoas que seguiam de boleia na embarcação. Isto porque, até ao momento não receberam qualquer alerta de pessoas a reclamar o desaparecimento de familiares que realizavam viagens inter-ilhas.

Com a decisão de suspender as buscas, o paradeiro do Rotterdam continua a ser um mistério que as autoridades marítimas terão de esclarecer. E neste sentido, indicam que vai-se abrir um inquérito para saber o que se passou com a embarcação e os seus tripulantes e, no final, imputar as responsabilidades porque a culpa não deve morrer solteira se houver culpa neste caso.

O inquérito poderá esclarecer as dúvidas que existem mais do que certezas. Mas se não forem encontrados vestígios do navio o inquérito não vai esclarecer o mistério.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.