Prostituição no Mindelo: PN detém dez prostituas que faziam sexo na rua

27/09/2013 00:48 - Modificado em 27/09/2013 00:48

Polícia Nacional vigia locais que as prostitutas usam como quartoA Polícia Nacional está a intervir junto do jardim na AV. Marginal, São Vicente e noutros espaços da via pública no sentido de evitar que continuem a ser utilizados como bordel ocasional por parte das prostitutas de rua. A autoridade policial tem a noção da difícil tarefa que se impõe, mas deixa um alerta: “onde quer que encontremos essa prática, vamos agir”.

 

Os arbustos altos, o escuro, o local protegido e com pouco movimento foram os motivos que levaram essas prostitutas a transformarem o jardim mais bonito e cuidado de São Vicente num quarto para fazerem sexo rápido e pago. Para além do jardim na Av. Marginal, vários são os locais usados: prédios abandonados, contentores e, agora, qualquer beco com fraca iluminação.

Perante esta situação, a Polícia Nacional confiou às unidades policias a missão de intervir nessas áreas para impedir que continuem a ser transformadas em bordéis. Segundo o que apurámos “identificaram-se os espaços ao ar livre onde as prostitutas praticam actos sexuais com clientes. Por isso, foi necessário agir nessas áreas, porque a acção dessas pessoas infringe a lei, visto tratar-se de uma incivilidade que permite levá-las às instâncias judiciais”.

Este online soube que a PN já conduziu para identificação cerca de dez mulheres ligadas à prostituição na cidade do Mindelo por suspeitas de praticarem actos sexuais na via pública.A Polícia Nacional sublinha que com o plano de intervenção constatou-se o afastamento das prostitutas dessas áreas, uma vez que “para além de aplicarmos a lei, sensibilizamos essas mulheres que a rua não é local para praticarem actos sexuais, situação que se agrava quando o fazem como acto de prostituição”.

Porém, a Polícia Nacional esclarece queesta missão não se destina apenas às prostitutas e aos seus clientes, mas a todos os cidadãos que forem encontrados a praticar actos sexuais na via pública.

 

  1. CidadaoCV

    É preciso ter cuidado com as fotos ou imagens utilizadas para ilustrar certas notícias ou “peças jornalísticas”. Nesta foto destaca-se o nome e o símbolo de uma empresa local a “ilustrar” uma notícia sobre prostituição.

  2. Bia Santinha MULHER

    Parabens à PN por afastarem essas senhoras da rua. Mas, um trabalho deve ser feito no sentido de mostrarem a essas senhoras que na rua nao teem segurança e nem higiene. A PN, delegacia de saude e camara deviam juntar na campanha de sensibilizaçao para as tirar da rua e nao prende-las. O acto sexual na via publica é falta de civismo … e da cadeia, att a todos os cidadaos, independentemente de serem prostitutas ou nao. MULHER

  3. Nuno Ventura

    As prostitutas não estão nessa vida porque gostam. Estão nessa vida porque não encontram emprego. A prática de prostituição na rua é de combater mas é preciso atacar a raiz do problema..

  4. JC

    PARA QUE EXISTA PROSTITUIÇÃO, OU ACTO SEXUAL, TERÁ QUE EXISTIR, PELO MENOS, DOIS INTERVENIENTES. FORAM DETIDAS DEZ MULHERES, CERTO ? E O QUE FOI FEITOS DOS SEUS PARCEIROS SEXUAIS ??? A PRÁTICA DE SEXO NA VIA PÚBLICA TANTO CONDENA O PROFISSIONAL COMO AQUELE A QUEM O MESMO RECORRE, NÃO DEVERIA SER ASSIM ? SENHORES AGENTES DA PN, DEIXEM-SE DE PROTAGONISMO MACHISTA E HAJAM CONFORME A LEI O DETERMINA. CHEGA, NESTES CASOS, DE “FECHAR” OS OLHOS PARA A “OUTRA PARTE”. ETA AÍ, CABO VERDE NO SEU MELHOR…

  5. Carlos Ferreira

    Fazer sexo em lugares escondidos longe dos olhos das pessoas ainda é aceitável. Mas urinar na rua, tanto homens como mulheres, defecar em via publica, mesmo à luz do dia tornou-se coisa normal em S.Vicente. Nao vou referir aqui à poluição verbal, principalmente de jovens, muitos estudantes, tanto rapazes como raparigas. Enfim nao é só a crise financeira que nos afecta mas tambem uma crise de normas e valores.E a situação nao vai mudar. A nossa sociedade sofreu uma inflação de figuras referenciais

  6. VITÚ-MONTE SOSSEGO

    Bezote ta izagérá!!! Tem 1 data de polissa dod na cafézim… Tchá coitade vivé simá el cré!!

  7. Dje Guebara

    Deveriam de fazer a mesma coisa que se faz aqui em a Florida para acabar com os serviçios da prostituição, fazer com que as mulheres policias actuão como prostitutas para então agarrar os homens que buscam esso tipo de servicio e assim então desaparecera este epidemia.

  8. VITÚ-MONTE SOSSEGO

    O Dje gebara, bo párá de oiá film men. ó bo cré dzé ke nunca bo pxá bamba???… Tchá de goze!!!!!!… Ba dá volta falsse puritane!!!!

  9. Tipzat

    Oh vitú monte sossego, o cbo te li te defende sabemos nós hihihi, ma pront, es tem que ganha ses ganha pão e não cruza mom. No meste é um alguem pe orientas, um bataclam onde es te ba inscreve e assim te para de trabalha na rua. De tut manera el ca te bem desaparece nunca de sociedae entom melhor e controlal de ot forma.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.