Pugilistas no taco a taco rumo ao título nacional

27/09/2013 00:34 - Modificado em 27/09/2013 00:34

boxeO Campeonato de Cabo Verde de boxe regressou três anos depois, após sofrer uma paralisação, e neste momento o concurso conta com 60 pugilistas nos ringues a lutarem pelo título.A terceira jornada do campeonato de Cabo Verde de boxe realizou-se no pavilhão desportivo “Vává Duarte” com a realização de mais sete combates, envolvendo pugilistas de Santiago (Norte e Sul), Sal, São Vicente e Fogo.

 

A prova foi marcada por grandes combates, com os pugilistas das regiões desportivas de Santiago Norte e Sul e de São Vicente a perfilarem na linha da frente para conquistar títulos, já que têm demonstrado mais ritmo competitivo.

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Boxe, Flávio Furtado, mostra-se entusiasmado pela forma como os atletas se entregam à competição. O presidente da FCB assegura que “ tem havido combates de bom nível técnico, táctico e no dia-a-dia, a organização dá-se por satisfeito com mais esta aposta”.

Flávio Furtado destaca a formação que a federação proporcionou aos árbitros de nível nacional, antes do campeonato, por entender que estão a conseguir pôr na prática os ensinamentos recebidos para que a prova decorra sem sobressaltos, e com queixas dos atletas a cerca da arbitragem.

 

  1. Boise Soncente

    Ya boa iniciativa, mas como sempre, tendencia de arbitragem de sempre privilegiar os atletas da ilha de Santiago… por isso moda t dzide “Nunca tchá decisão na mom de juiz” … Pugilistas de S.Vicente otra vez prejudicod….

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.