Primeiro-ministro: Não existem bases ou grupos radicais armados em Cabo Verde

20/09/2013 00:58 - Modificado em 20/09/2013 00:58
| Comentários fechados em Primeiro-ministro: Não existem bases ou grupos radicais armados em Cabo Verde

jmn5O conselho Nacional de Segurança esteve reunido para discutir entre outras questões, a análise da acção de grupos radicais e fundamentalistas no país. Sobre a matéria, em entrevista à RCV, o CNS diz que é necessária muita serenidade e responsabilidade e não fazer especulações. Isto já que havia sido adiantado por um jornal da praça, a existência de grupos radicais que terminaram a fase de recrutamento e agora encontram-se na fase de treino no interior de Santiago.

 

Segundo informações partilhadas pelo Primeiro-ministro José Maria Neves, “não há dados que confirmem a existência de bases ou de grupos radicais armados com treino em Cabo Verde”. Mas garante que está a seguir o assunto. Revela que desde a década passada que o Governo tem acompanhado o assunto com relatórios sistemáticos do Serviço de Segurança da República. E não existem dados sobre treino de grupos em Cabo Verde.

 

Sobre a ligação destes grupos com o Islão, Neves diz que “não podemos confundir o Islão com grupos radicais” e que temos de trabalhar para que Cabo Verde continue a ser um país de paz e de tolerância.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.