Tubarão azul em águas turbulentas : começou a caça aos culpados

13/09/2013 00:19 - Modificado em 13/09/2013 00:19

detectiveO Tubarão Azul está navegando em águas turbulentas. A notícia da exclusão de Cabo Verde do play-off de acesso ao Mundial teve uma grande repercussão nas redes sociais, principalmente nos fóruns desportivos. Os cabo-verdianos em debates lamentam esta situação que o desporto cabo-verdiano enfrenta. A tristeza é clara nos comentários e a forma como Cabo Verde fica afastado da possibilidade de ir para o Mundial. “Nunca vi um KO desses, já vi muitos no UFC, maior organização de artes marciais mistas do mundo, mas este não tem comparação”, escreve um internauta sobre a desilusão do afastamento da selecção.

 

Mas os internautas entram agora em debates sobre o acontecido e a frustração dos cabo-verdianos faz com que se comece a buscar culpados para o sucedido. “Envergonharam a nossa nação. A cabeça de alguém deve cair”, demonstra a vontade de muitos internautas. Em tom crítico escreve outro internauta que “a inteligência está em primeiro lugar e não poderíamos ter cometido o mesmo erro com que ganhámos pontos contra a Guiné Equatorial”.

 

E alguém pergunta “como é que se faz para processar a Federação por destruir o sonho de milhares de cabo-verdianos de estarem no Mundial 2014?”. E alguém traz a “regra básica” que “em caso de dúvidas nunca se deve arriscar, nunca”, falando sobre a questão da utilização indevida do jogador. E um internauta mais radical pede “a demissão em massa da Federação” e descreve a mágoa que traz dentro do coração.

 

Mas um internauta tenta colocar água na fervura. Traz à tona todo o percurso feito e todos os elogios efectuados durante as campanhas para o CAN e o Mundial e a inteligência dos dirigentes em irem buscar os três pontos à Guiné Equatorial e hoje são criticados. Por isso, pede contenção nos comentários.

 

A divisão nas explicações

 

Os internautas divergem nas explicações do que pode vir a acontecer como resultado do recurso de Cabo Verde à FIFA. Um internauta explica que a “expulsão do jogador foi por causa do mau comportamento com o delegado da FIFA. Neste caso, a sanção não é anulada”. Mas outros alimentam a esperança dos cabo-verdianos afirmando que temos “chance” e esperam a decisão da FIFA sobre o caso.

 

Mas a esperança é a última a morrer e a confiança é que “ainda vão dar razão a Cabo Verde”.

  1. Antonio

    Tubarão, foi morrer num lugar muito improvável… a Praia! Inacreditável!

  2. António

    Eu continuo alimentando esperança, porém estou estupefacto com esse rol de informações que vem chegando a conta gotas sobre o castigo do jogador, da forma como a FCF tratou esse castigo, da análise do comportamento de um jogador de alta competição que recebe uma punição não pq parou um lance q poderia originar em golo contra CV, mas pq entrou em discussão/insultou o delegado da FIFA. Isso é grave, jogador a fazer papel de dirigente e dirigentes a fazerem papel de adeptos.

  3. Snap

    Incompétentes.
    Demissao em bloco an FCF imediatamente.
    RUA JA

  4. NHELA DE CAELA

    Tud coza organizode pa badiu, dá asnera. Iss é cosa antige. Se Jota era president ess desgrassa ca tinha dia de contécer!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.