No terreno para inteirar-se da situação

12/09/2013 00:01 - Modificado em 12/09/2013 00:01

AugustoO Presidente da Câmara Municipal esteve no terreno a avaliar a dimensão das chuvas na ilha. Neves optou por visitar as situações mais críticas com um olhar atento sobre as construções ilegais feitas nas encostas das rochas. “A chuva é sempre bem-vinda”, afirma Neves, mas quando cai forte traz alguns problemas. “Tendo em conta as construções ilegais que as pessoas fazem, são elas que mais sofrem durante as chuvas”, explica Neves sobre a origem dos problemas. E a recomendação do presidente é que as pessoas deixem de construir mais casas ilegais isto porque a edilidade “faz a planificação da cidade”.

 

O contacto com estas pessoas tem como objectivo identificar as situações mais difíceis e colocá-las em contacto com o serviço social da Câmara como explica Neves. “São construções difíceis, feitas em zonas difíceis e a Câmara tem pouca coisa a fazer a não ser ajudar em termos sociais”.

 

Estas habitações ilegais constituem uma preocupação para a edilidade e a decisão é de “não legalizar mais casas”. Isto porque a legalização destas casas fugiria da planificação da Câmara Municipal e, nestas comunidades, “não há condições para os bombeiros subirem em caso de incêndio, porque se existe algum doente não há condições das ambulância subirem” explica Neves. Acrescenta que estas construções nas encostas são problemáticas e sem nenhuma condição.

  1. fernando fortes

    Sr.Presidente,construção ilegal só existe por incompetência da Câmara.No tempo do Cuchim isso tinha acabado.

  2. miguel

    Sr fernando… Dr Augusto está a fazer um bom trabalho… CMSV nao consegue controlar tudo….

  3. Armanda

    Es equipa de CMSV é dot na show. Trabalhar k é bom, nada. Bsot txa gent sussego, omh.

  4. Paulo Cardoso

    Força lá Sr. Presidente, Augusto, é de politicos com V. Excia. que São Vicente, precisa continua com esta atitude e com vossa simplicidade, menino de Soncent

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.