Cinco mil nas ruas de Mindelo para mostrarem a JMN que têm motivos para protestar

1/06/2012 14:17 - Modificado em 1/06/2012 14:17

Cerca de cinco mil pessoas saíram ás ruas , em São Vicente, para mostrarem ao primeiro-ministro que têm motivos para protestar contra a política laboral do governo.

 

Em São Vicente cerca de quatro mil pessoas aderiram a manifestação convocada pelas centrais sindicais. A manifestação de âmbito nacional teve o seu eco em São Vicente com a classe trabalhadora a reivindicar pelos seus direitos e melhores condições. As palavras de ordem da manifestação e foram “a reposição do poder de compra”, “ajustes salariais”, “abaixo os PCCS sem S” um forte apelo de que a toda a classe trabalhadora está única nesta luta.

Muitas pessoas e os motivos sempre convergentes. Eunice Santana participou da manifestação junto com muitos colegas da fábrica Euro África. Vieram discutir os seus direitos e para que seja lembrada a situação que vive na fábrica onde trabalha. “Espero que não seja só o nosso problema a ser resolvido , mas também sejam resolvidos a outros problemas que afectam os trabalhadores de São Vicente .. Esses trabalhadores receberam uma palavra de solidariedade por tarte do presidente da União dos Sindicatos de São Vicente, Humberto Fortes.

Francisco, professor, junto com os colegas da SINDEP marcaram a sua presença com muitos cartazes mostrando as suas revindicações e descontentamento. “A lista é longa do que queremos que seja resolvido ”

Ivan Ary, outro manifestante, apela ao trabalho e oportunidade para todos. “Queremos mais trabalho e salario mínimo e segurança social “.

“Humberto Fortes posiciona-se contra o PCCS porque na sua óptica é um documento que pode prejudicar os trabalhadores. . E também está contra os contratos a prazo, porque, “dá aos trabalhadores instabilidade e retira ao trabalhador a capacidade de recorrer ao banco para conseguir financiamento”.

Esta manifestação foi uma primeira etapa para conseguir a resolução dos problemas mencionados pelos manifestantes, e assim conseguir o diálogo. Mas se for necessário, para António Lima, líder sindical, partirão para greve geral até que o governo mude a sua postura. E também, em alternativa ao reajuste salarial mas quando apresentaram o PCCS era um documento incompleto”. Por isso Humberto Fortes posiciona contra o PCCS porque na sua óptica é um documento que pode prejudicar os trabalhadores.

A organização mostrou-se satisfeita com a adesão registada.

 

  1. ISIDORO

    80.000-5.000=75.000. SEM COMENTARIO

  2. ze

    um vez, mpd colocava mais gente na rua é o fim deste partido

  3. b.b

    ja vai numa diferenca de 2000 participante entre o que vi e ouvi na televisão e o que leio agora de 3000 para 5000.
    ou teve um segunda parte depois do meio dia?….
    manipulação da verdade
    não sei é de qual parte o certo é que o nosso noticias do norte gosta de exagerar e é de ha muito…

  4. Valter Faial

    forca irmaos… apesar de mim ser um simpatizante de PAICV, um ca pode tcha de apoia gente de nha ilha querida… um tava gosta de estod presente na tud manifestacao que tem haver que desenvolvimento de SV… pa bsot um grande abraco, e a luta continua ate que no oia nos SV na lugar que sempre no foi costumod… um abraco de NY/USA

  5. mindelo

    Um vez dia de crianca era comemorod ke nos criancas.era um alegria kel afronta konde ess data ja tivesse ta aproxima.agora ja kata fet nada pa criancas ness dia 1 de Junho?. ta aproveita feriado infantil pa faze manifestacao.na 365 dias do ano pq logo 1 junho?…boa sorte com tudo.

  6. cidadaoatento

    O que se diz corresponde a verdade, estava la , participei da marcha, mais de 5 mil diria.
    esta para mostrar ao 1 Ministro que os sanvicentinos sao esperto inteligentes e ate mais que ele, pois ele devia assumir o q1ue dize e mostrar que com a crise nao pode avancar com sua promessa mas ele fica a dar para doido depois tera vergonha de dar para perfeito, vamos nessas eleicoes correr com PAI e a Nelita deixou de ser de soncente diaza e ela e pau mandode de Ze MAria

  7. ana

    Afinal, foram CERCA de 5000 ou cerca de 4000 pessoas?????????
    Atenção NN ao que andas a escrever….
    Mesmo assim foi tcheu gente…
    Parabéns pove de SVicente…

  8. Luluzim

    Meu caro Zé tenha juizo e não brinques com coisas sérias. Esta manifestação foi um acto cívico de insatisfação a política errada deste Governo face as promessas feitas ao Povo e aos TRABALHADORES DESTE PAÍS e não ao PAICV/MPD/UCID/PTS ou outro. Deixa de estupidez e não sejas analfabruto.

  9. Bravo Pove de Soncente!!! Espero que haverá mais manifestações do género afim de se poder continuar a reivindicar os devidos direitos alusivos ao melhoramento de vida social do povo cabo-verdiano São Vicentino, para que haja trabalho e trabalhodores devidamente bem pagos, em primeiro de tudo.Em seguida que venha a Regionalização para que possamos dirigir o que é bem nosso e devido. Que viva um Cabo Verde Livre e verdadeiramente Democrata.Que a FORÇA seja conosco. Abraço Zizim

  10. Município de Santa M

    GREVE GERAL EM SANTA MARIA
    Apartir do dia 15 de Junho, que venha os ministros, nos nossos ditadores, exploradores, donos dos nossos terrenos e impostos, a limpar, fazer quartos, lavar pratos e servir mesas aos turistas. É necessário dizer um basta a esses politicos ricos e gordos como porcos, nas nossas custas! A nossa reivindicação é justa e legítima e na democracia é o povo quêm paga e manda. Não desisteremos até a materialização física do funcionamento da lei e do Município de Santa Maria. Unidos jamais seremos enganados! NÃO VOTA, PORQUE A INDEPENDÊNCIA E DEMOCRACIA EM CABO VERDE É SÓ PARA ELEGERMOS OS NOSSOS DITADORES E LADRÕES! Viva o Município de Santa Maria! UNIDOS JAMAIS SEREMOS ENGANADOS! Viva o Município de Santa Maria! Comissão de Apoio ao Município de Santa Maria, Cidade de Santa Maria’s Network, 01/06/2012, Facebook: Município De Santa Maria,

  11. Sou da Ilha Brava, uma das Ilhas de Cabo Verde também victima da neo-colonização badia da Républica Utópica da Praia.Pois hoje a minha Ilha já não tem aquela linda faceta de gente MORABI como dantes porque esses tipos destruiram tudo de maravilhoso que ali havia. São Vicentinos cabo-verdianos, vos felicito pelo facto desta manifestação onde quebrabraram o taboo dictatorial anti-democrático que até agora o governo do partido único nepotista do paigc/cv nos tem subemtido.Que viva um Cabo V. Livre!!

  12. lucas

    estou muito contente com a manifestacao que o povo de Sao Vicente fez

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.