Suspeitos de roubo permanecem na Cadeia de São Vicente

6/09/2013 13:08 - Modificado em 6/09/2013 13:08

cela-prisaoO Primeiro Juízo Crime da Comarca de São Vicente decidiu manter três jovens indiciados da prática de vários assaltos na zona de Chã D´Marinha, ilha de São Vicente, em prisão preventiva. O juiz de instrução criminal decidiu manter os indivíduos na cadeia por considerar haver perigo dos detidos manterem a sua conduta criminosa. Os indivíduos viram ainda o Ministério Público acusá-los da prática de crimes de roubo.

 

No mês de Março, o Tribunal da Comarca de São Vicente aplicou uma medida preventiva a três dos quatro jovens detidos pelo Corpo de Intervenção durante uma operação policial, por suspeitas de assaltos contra pessoas e residências na zona de Chã D´Marinha.

 

Os quatro indivíduos, com idades compreendidas entre os 15 e os 19 anos foram detidos em flagrante delito a assaltar uma residência e apresentados ao Juízo Crime. O menor de 15 anos foi conduzido para o Centro Socioeducativo Orlando Pantera, local onde já esteve internado depois de incendiar um iate na Baía do Mindelo; já os três comparsas foram encaminhados para a Cadeia Central de São Vicente.

 

Lei

 

Com base nas normas jurídicas e no artigo 294º do Código do Processo Penal, o juiz de instrução criminal tem de fazer o reexame dos pressupostos que o levou a mandar um suspeito para a prisão preventiva. Neste caso, o juiz decidiu que os três jovens deveriam permanecer na prisão até à sentença final do processo-crime que lhes pode valer a absolvição ou condenação por prática de crimes de roubo.

 

O NN sabe que o magistrado analisou os pressupostos da determinação da medida de coacção, bem como as provas e os elementos que referenciam os jovens como pessoas ligadas ao fenómeno “caçubody” na ilha de São Vicente e determinou que os arguidos passem os próximos meses em regime de detenção preventiva na Cadeia de São Vicente porque a sua libertação pode perigar a segurança pública e, ainda, permitir-lhes a realização de novos delitos.

  1. João Luís

    Sua decisão Sr. Juiz merece nota 10, e também pedimos que o Corpo de Intervenção continue a fazer o excelente trabvalho que vem executando, força e um grande abraço para vós, corajosos policiais de bóina………………

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.