Governo resolve contenda: Mário Semedo acompanha Tubarões Azuis à Tunísia

4/09/2013 07:01 - Modificado em 4/09/2013 10:12

Mario SemedoDepois de anunciar que não foi dispensado pela sua empresa para estar presente na Tunísia com Tubarões Azuis, o presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol, Mário Semedo viu o Governo autorizar a sua viagem à Tunísia. De realçar que devido a falta de autorização ao seu pedido de licença de trabalho, fez com que Mário Semedo, funcionário do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) viesse a público dizer que o seu trabalho em prol do futebol cabo-verdiano não estava a ser valorizado.

 

Segundo o presidente da FCF, a sua ausência na Tunísia, num jogo decisivo para os Tubarões Azuis podia ter influência junto dos responsáveis máximos da Confederação Africana de Futebol (CAF) e da FIFA, uma vez que, conforme assegurou, Cabo Verde, pela sua performance em termos de futebol, tem que estar representado sempre ao mais alto nível.

Neste sentido, o Governo analisou a situação e deu orientações ao INPS para autorizar a participação do presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF) no jogo Cabo Verde e Tunísia, a realizar-se no sábado, 7 de Setembro em Tunis.

De acordo com uma nota do Ministério da Educação e Desporto (MED), a denúncia de Mário Semedo surpreendeu esse ministério, por isso “desencadeou as necessárias articulações para viabilizar a participação do referido dirigente nesse importante evento desportivo para Cabo Verde”, que joga com a Tunísia na última jornada da fase de qualificação para o Mundial 2014 no Brasil.

  1. NUNO FERREIRA

    MÁRIO É A CHAVE DESTE GRANDE TRABALHO, SE NÃO FOR COMO É QUE ENTRAMOS ? SINCERAMENTE INPS!!!! MAS TAMBÉM JÁ É HORA DE PROFISSIONALIZAR O PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO. BOA SORTE AOS NOSSOS JOGADORES E EQUIPA TÉCNICA. FORÇA RUMO AO BRASIL

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.