SCI vai processar jornais que associaram Spencer ao mundo do crime

3/09/2013 02:49 - Modificado em 3/09/2013 02:49

SPENCER NA HOLANDAA Spencer Construções & Imobiliária repudiou as notícias publicadas em alguns órgãos de comunicação que defenderam que o móbil do crime tinha a ver com ligações do empresário ao narcotráfico.

 

O A semana online de 31 de Agosto escrevia que “A PJ apura agora as ligações de Spencer com o conhecido chefe do narcotráfico Djoi, para hipotéticas teses sobre acerto de contas ou dívidas como causa deste suposto caso de assassinato.” No seu comunicado a SCI diz que :A SCI repudia todas e quaisquer notícias, infundadamente transmitidas nalguns órgãos de informação, que insinuem ligações do Engenheiro Emanuel Spencer ao mundo do crime”, E acrescenta que a empresa “reserva-se o direito de oportunamente vir a processar os seus autores”.

No mesmo comunicado a empresa salienta que está confiante no trabalho das autoridades judiciárias e policiais do país e nas investigações que já estão em curso para apurar os culpados deste homicídio “. Esta posição da empresa do malogrado empresário é vista como uma forma de frear “ o julgamento público “ que determinados órgãos de comunicação tem por hábito fazer antes dos juízes.

O NN sabe que PJ não avançou até agora com as causas do homicídio ou com as relações com quem tirou a vida ao empresário de Santo Antão. Nesta fase a polícia científica analisa para compreender os” fartos elementos” que foram deixadas na cena do crime.

O corpo de Emanuel Spencer foi encontrado sem vida na manhã de sábado e a asfixia terá sido a causa da morte. De acordo com o testemunho do porteiro, na noite de sexta-feira o empresário recebeu três visitas.

Emanuel Spencer era um empresário ligado a construção civil. O grupo Spencer Construções tem negócios nas ilhas de Santo Antão, Santiago e São Vicente.

 

Funeral em Santo Antão

 

A cerimónia fúnebre vai ser realizada hoje, dia 03 de Setembro.

O cortejo partirá do Porto Novo às 09 Horas, chegando a Sede da Spencer Construções & Imobiliária, em Ribeira Grande, pelas 10:30, seguindo depois para Ponta do Sol onde se irá realizar a missa e o funeral.

 

 

 

  1. Almeida

    Temos que acabar com certo jornalismo mediucre, de informações especulativas sem provas. Já são muitos casos. Coitado do Nelson Mandela se fosse por nós já lhe tinham rezado a missa do mês à muito. Os caboverdianos querem noticias verdadeiras, não “disse que disse”

  2. neves

    A SCI e os familiares da vitima, deveriam se concentrar na investigação do caso, de cooperar com a policia,, em vez de estarem a preocupar com os jornais. Deixem os jornais pra lá,, a especulação sempre existiu e vai continuar.

    Se a causa do assassinato não for o narcotráfcio, de certeza que será outra coisa suja qualquer,, Agora do nada é que não entra na cabeça de ninguém, Quem está em negócios ou por bem ou por mal, automaticamente fica submetido a riscos diversos…

    Uma pessoa que normalmente anda de carro, tem condições para contratar porteiro/segurança na sua própria casa e os assassínios estiveram com ele durante muito tempo, certamente não foi uma escolha aleatória. Resta a PJ descobrir, e que o malogrado descanse em paz!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.