Operação relâmpago: BAC detém jovens que participaram em guerra de gangs

3/09/2013 02:40 - Modificado em 3/09/2013 02:40

ninjas3A Brigada Anti-Crime deteve 15 jovens das localidades de Cruz João Évora e de Fonte Inês que nas últimas semanas travaram confrontos .

 

Nesta segunda-feira, a Brigada Anti-Crime alterou os moldes de actuação e para combater a violência juvenil nos bairros de São Vicente realizou uma operação policial no período diurno nas zonas de Cruz João Évora e Fonte Inês para deter os indivíduos que estão a espalhar o “medo e o terror” aos moradores, uma vez que nas últimas semanas decidiram transformar os dois bairros em campo de batalha. O objectivo foi intervir nos confrontos, de modo a deter os intervenientes e devolver o sossego aos moradores dos bairros afectados por estas rivalidades que envolvem arremesso de pedras, de garrafas e o uso de armas brancas.

 

Intervenção judicial

 

A Polícia Nacional está a realizar diligências para entregar uma participação policial às instâncias judiciais a revelar as preocupações dos moradores que afirmam estarem apavorados com as constantes rixas que envolvem jovens e, às vezes, menores. A PN está a investigar as razões que estão na base dos confrontos que já provocaram danos em residências e viaturas, para que se possam tomar medidas de prevenção contra os infractores.

 

De acordo com informações recolhidas junto da PN, os motivos das rixas continuam por esclarecer, pelo que os indivíduos estão a ser submetidos a interrogatório, mas os indícios apontam “tratar-se de brigas por motivos fúteis e, na sua maioria, motivadas por ajustes de contas devido a ataques entre elementos de grupos rivais”.

 

Detenções

 

No mês de Maio, a Brigada de Investigação Criminal esteve no terreno a investigar o conflito entre gangs, pelo que foram identificados 19 jovens que participaram nos confrontos entre as zonas de Cruz e Ribeirinha. Sabe-se que o Corpo de Intervenção já tinha feito detenções na Ribeirinha e hoje foi a vez da BAC voltar à carga e, desta vez, actuou contra jovens de Fonte Inês e Cruz João Évora. E que nos próximos dias vão actuar noutros bairros afectados pelas rixas entre grupos de indivíduos.

 

  1. Piquete

    Que vergonha Sr. Comandante da BIC/BAC, se é que o senhor merece ser chamado disto, não é somente a sua unidade é que esta nesta luta, a piquete também esta nesta luta, inclusive, a sua unidade há vários dias que anda mais a passear e dispensado para paródias, inclusive a duas semanas atrás que nós e o corpo de intervenção passamos a maior afronta, pq o senhor tinha dispensado a BAC para estar numa festa e passeio convívio, qd é que o senhor tomará vergonha e deixará de gabar do unidade fantasma

  2. Piquete

    O senhor quer continuar a viver como sangue suga, trabalha com dignidade, embora é um atributo que não conheces. Perguntem aos elementos do Corpo de iNTERVENÇÃO QUE APOIARAM-NOS NA SEMANA DE 23 E 24 DE aGOSTO ENQUANTO ESTAVAS EM PARÓDIA COM OS AGENTES QUE SÓ SABEM DAR SHOW EM VEZ DE TRABALHO ANDA A EMBEBEDAR-SE NAS HORAS DE TRABALHO E A FAZER ASNEIRAS.

  3. Piquete

    ahhhhhhhhhhhhhhhhh, cuitado do senhor, que está comprado por gentes grande nesta ilha precisas ir trabalhar noutro comando

  4. miguel

    Caro piquete..por favor “devemos elogiar em publico e criticar em particular”,,,, a luta contra a violência é de todos nós.

  5. jleite

    Ò Sr. Piquete! Pelo amor de Deus! Roupa suja se lava em casa!

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.