Quatro vidas ceifadas pelas guerras de gangs

2/09/2013 02:03 - Modificado em 2/09/2013 02:03

cemiterio mindeloO NN conta-lhe a história de quatro jovens que tiveram o mesmo destino. Tucim, Richard, Tadi e Kelvin, são quatro jovens, quatro vidas levadas pela guerra de gangs, onde as autoridades faziam crer que a guerra entre os gangs é ficção do jornal NN. Os quatro têm um ponto da história em comum, todos pertenciam a um gang de São Vicente. Os jovens foram assassinados por elementos de gangs rivais que agora cumprem pena na Cadeia de São Vicente.

 

A contenda de mortes de jovens pertencentes aos gangs iniciou em Setembro de 2009 com a morte do jovem de 17 anos, Tucim. Tucim foi vítima do conflito entre BBH e o gang de Cova, grupo do malogrado Tucim. Ele tinha esfaqueado um elemento do BBH, por isso, no dia 29 de Setembro de 2009, foi morto à facada.

 

Doze elementos do BBH seguiram Tucim, mas este escondeu-se em casa de um amigo. Porém, dois rapazes entraram na casa, um desferiu um murro na cara e outro espetou-lhe uma facada mortal nas costas. Assim nascia a primeira vítima dos gangs, para mostrar que as guerras não eram ficção dos jornais.

 

Passados três meses a zona da Bela Vista chorava a morte de Richard Pina (Alpina), jovem de 18 anos. Alpina pertencia ao gang Black Enemy e foi espancado a poucos metros da sua residência por três jovens do Pintcha Andor. Alpina faleceu no dia 2 de Janeiro de 2010 devido a um traumatismo craniano encefálico, pois não resistiu às pedradas e aos pontapés que recebeu na cabeça. Os agressores afirmaram que se tratou de um ajuste de contas, pois haviam sido agredidos anteriormente pela vítima.

 

A guerra de gangs no Mindelo é uma guerra porque faz mortos e feridos. Provoca lágrimas, dor, revolta. Gera pânico nas comunidades e está a dar muito trabalho à Procuradoria da República e ao Tribunal. Porque a lei do Talião impera na cidade do Mindelo, pelo que os intervenientes pagam o preço de uma guerra sem dor nem piedade.

 

Cleidir Teixeira (Tadi), 20 anos, membro de um gang em Chã Faneco foi a terceira vítima da guerra de gangs. Em Dezembro de 2010 Tadi foi esfaqueado por um jovem do gang da Ribeirinha. Seis meses antes Tadi levou a melhor sobre o seu agressor numa rixa entre ambos. O jovem esperou seis meses para se vingar e na noite de 20 de Dezembro, Tadi passou pelo gang da Ribeirinha perto do Bar Sabura. Porém, Tadi deu alguns passos, o suficiente para que o seu rival desferisse uma facada fatal nas costas.

 

Em Março de 2011 as guerras de gangs faziam novo morto nesta ilha, mais uma vez o Black Enemy perdia outro elemento. Na madrugada de 6 de Março o Black Enemy invadiu a Ilha de Madeira, zona do seu rival Pintchá Andor. Durante a troca de pedradas e de garrafadas houve alguns feridos. Porém, Kelvin de 17 anos, pertencente ao Black Enemy foi assassinado por elementos do Pintchá Andor. Kelvin foi agredido da mesma forma que o seu amigo Alpina. Kelvin levou pontapés, pedras na cabeça e na zona torácica e faleceu no HBS devido a traumatismo craniano encefálico.

 

Os responsáveis pela morte destes quatro jovens já conheceram a própria sentença, pelo que cumprem pena entre 15 a 23 anos de prisão. Assim, São Vicente viu quatro jovens, quatro vidas, levadas pelas guerras de gangs e, ao que parece, o cenário de confrontos está a renascer na ilha.

  1. Português

    Por favor, antes de publicarem as notícias revejam a escrita do português e façam as devidas correções.

  2. neu

    é preciso travar essa violencia urgente,uma vizinha e amiga minha perdeu seu filho richard nesse estupides… coitada ela sofre todos os dia peso grande perda

  3. Tip Top

    4 e pouco, pe mim tut es jovas cte esstot pre li mut agressive, armod e gang ma que não passa de palhaços porque ses oia gang a serio es te corre, pode morre tut, um tava gosta mesmo de aparece um maniaco psicopada incarot ne killia tut es, faze um rossa gerallllll, limpeza de escumalha, para o “Neu”, a tuaq vizinha esta a chorar de arrependimento por nao ter dado uma educação melhor ao filho

  4. caboverdiano

    oh “Sr. Portugues” até os proprios Portugueses dão erros ortograficos, estudei em Portugal, falava e escrevia melhor o portugues. por isso erros aqui nao vêm ao caso.

  5. jose

    Esta luta é de todos, e com uma simples chamada para o 102 a Policia ira ao encalce desses Gangs ( Grupo de jovens que sofrem de cobardia).
    Enaltecemos o trabalho efectuado pela Policia BAC , mas alertamos para continuarem com a energia e vontade que começaram essa luta.

  6. PQP

    muita covardia da nossa policia…..ás vezes até dá vergonha ver como eles passam em tamanha velocidade para não prestarem atenção na vilolencia. cova, Ilha de madera rbirinha, tchã de tiliza, …. tud ês zona tem bandid. e policia tb ê bandid,…manera nô ta fcá? alguém de direito ta podê respondê nôs?? Soncente já dá nôs na testa…..!!!! FDP

  7. Lourenço Carvalho

    soncent ja era, ja da na testa mesmo, ca ta da pe vive e nem pe investi, nem pa passeia dnot ma um tchukinha, nem pe ba ptal um gelado, cambada de gressivos e mal educados, BAC pau na es sem do nem piadade e um ca cre oia nenhum mãe pre li te tchora fitch bandido. educação te começa dent de casa, pais e que culpot de tut es palhaçada

  8. toty

    Notícias do Norte!!!! Assim, até parece que está a ajudar os PSEUDO-GANGS. Dar-lhes este tratamento :Escrita dos nomes com letra maíuscula, expressões como “perdeu mais um elemento”… É muito mau. Devia-se ter mais atenção nos artigos. Eu, neste artigo vejo, posso estar errado, uma certa simpatia com estes palhaços.
    Chama-los de gang não. SÃO PALHAÇOS, que merecem ir para a cadeia.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.