Augusto Neves : “os directores de serviços afectos ao PAICV são um entrave ao desenvolvimento de São Vicente”

10/08/2013 07:28 - Modificado em 10/08/2013 07:29

Augusto Neves, presidente da Câmara Municipal de São Vicente, faz o balanço do primeiro ano de mandato à frente da edilidade. Neves destaca a reorganização feita durante este primeiro ano da orgânica da CMSV e menciona alguns projectos realizados como a abertura da escola de formação profissional da Câmara Municipal, a construção do parque infantil e o reforço do calcetamento e a requalificação de casas degradadas.

 

O desemprego continua a ser “o grande problema da ilha”, como afirma o presidente. E, como avança, já existem estudos/projectos para criar 500 postos de trabalho de uma assentada nas áreas do calcetamento, jardinagem, saneamento, reabilitação de casas e outras.

 

Augusto Neves aposta no diálogo com o Governo para melhorar a situação da ilha. Neste balanço Neves avança que um dos problemas que não tem deixado a ilha desenvolver-se “é o facto da maioria dos directores e delegados dos serviços administrativos do Estado em São Vicente serem políticos eleitos pelas listas do partido no poder”. E desta forma, Neves diz ser “impossível” resolver questões técnicas e administrativas porque estes directores são adversários políticos à mercê de orientações políticas.

 

  1. Maurino C.B.Delgado

    Sim! Deve-se afastar os quadros que impedem o desenvolvimento de S. Vicente. Note-se, não é só os do PAICV. Seja objetivo! Acusações vagas não convencem. É preciso indicar os casos dos administradores que inviabilizam as soluções técnicas e administrativas para S. Vicente e, não se esqueça que como Presidente desta Câmara Municipal, por dever institucional, tem a obrigação política e moral de, publicamente, pedir a demissão desses administradores. Tenha a coragem! Lanço-lhe o desafio. O assunto é sério. Se não o fizer, corre o risco de perder a confiança dos eleitores.

  2. Nelson Cardoso

    Óptimo, Sr. Maurino. Será que são esses directores e administradores os culpados, únicos culpados? Será que a CM não age como oposição, servindo -se assim o seu partido? Será que tem havido vontade política da CM e capacidade de diálogo suficientes para discutir abertamente os problemas de SV com o Governo, com a Oposição Municipal? É só assistirmos as sessões da Ass. Municipal para vermos que a Bancada do PAICV não é ouvido pelo Presidente da CM e ELE até tenta “abusar da sua maioria coligada”.

  3. Maurino C B Delgado

    Vivemos ensanduichados entre o PAICV e o MPD
    Precisamos resgatar as nossas instituições para promover o processo de desenvolvimento do País.

  4. UVID IMPE

    O que é que PAICV t fazê partidos da oposição na AN.1º MINISTRO até t ari na troça t mostra k la onde k discutido tudo sobre CV ele ê k t manda,por isso k nõ tt bem conxe caga li k São Vicentinos moda bô k em vez de defende SV t defende bô gang PAICV…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.