Juiz irá decidir sobre a exumação dos restos mortais de Maria Alice

7/08/2013 07:25 - Modificado em 7/08/2013 07:25

justiça3Os familiares de Maria Alice estão a pressionar a PJ para que recupere os restos mortais, que de acordo com a confissão de Zezinho Catana, estão enterrados algures na Ribeira de Craquinha. Mas, o NN apurou que a PJ pouco mais pode fazer, no momento. Pois, a exumação do cadáver tem que ser autorizada por um juiz. Assim como a autorização para Zezinho Catana se deslocar a São Vicente. Ou seja: sem esses dois mandados judiciais a PJ nada pode fazer. Pese a pressão que está a sofrer por parte das famílias e da sociedade.

De acordo com um magistrado, que pede anonimato “ o processo não é tão simples. A simples confissão de Zezinho Catana a dizer que matou, esquartejou e enterrou uma pessoa não é suficiente, se essa confissão foi feita apenas junto dos agentes da PJ. “ E adianta que “ vai ser um juiz a decidir pela exumação do cadáver. Mas é preciso que haja uma localização e essa só pode ser dada pelo suspeito “ E concluiu “ o que sabemos é o que os jornais dizem que a PJ disse que ele confessou, não se sabe se o caso já chegou a um juiz “. O que sabe é que um juiz ordenou um exame psiquiátrico ao suspeito “ o que é um passo importante para se saber com quem estamos lidando. Por exemplo, se o exame psiquiátrico revelar que estamos na presença de uma pessoa inimputável, não se pode seguir os procedimentos normais”. O magistrado espera é que a PJ tenha feito “ como deve ser o trabalho de casa “ o que vai facilitar a tarefa do juiz.Espera-se, pois no caso da morte de Maria Chandim , que Catana também confessou ter assassinado, existe uma certidão de obtido a declarar que ela morreu de um enfarte do miocárdio e problemas etílicos. E não estamos a ver como um juiz vai ordenar, sem novas provas ,a exumação do cadáver passando por cima da certidão de óbito legal.

 

 

 

  1. ATENTO

    Minha gente, por favor sejam um pouco estudiosos e tenham em atenção quando fazem determinadas afirmações. EXUMAÇÂO NESTE CASO PRECISA DE UMA AUTORIZAÇÃO DO JUÍZ? Que burrice. Por acaso houve uma cerimónia funebre desta pessoa, e foi sepultada num cemitério? NÃO! ENTÃO NESTE CASO NÃO É NECESSÁRIO AUTORIZAÇÃO NENHUMA PORQUE NÃO SE TRATA DE UMA EXUMAÇÃO, MAS SIM A DESCOBERTA DE UM CRIME PELO QUE A P.J PODE AVANÇAR COM AS SUAS INVESTIGAÇÕES. AQUI NESTE CASO,COMO O AUTOR DO CRIME ESTÁ PRESO É NECESS

  2. lena reis

    ainda com duvida sr pj

  3. sintanton

    mas tambem mtem estod ta ouvi dze duns decisões dus medicos ta indica determinados mortos.
    por exemplo na zona de altomira ha dias um rapaz teve um morte estranhissimo quando caminhava tranquilo chegou na casa dum senhor depois de ser convidado para tomar um grogue morreu na hora. so o medico mandou enterrar sem nenhum exame.
    como é que ficamos nisso?

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.