Google apresenta novo Nexus 7

31/07/2013 12:43 - Modificado em 31/07/2013 12:43
| Comentários fechados em Google apresenta novo Nexus 7

Hugo Barra, director of Product Management at Android, holds a new Nexus 7 tablet during a Google event at Dogpatch Studio in San FranciscoO Google apresentou nesta quarta-feira uma nova versão do tablet Nexus 7, o tablet de marca própria da empresa americana.

 

O aparelho tem um ecrã de sete polegadas (o Google tem no mercado dois modelos, um também de sete polegadas e outro de dez) com mais resolução do que o do antecessor e inclui uma câmara traseira, que não existia no modelo antigo.

 

O tablet incorpora nova versão do sistema operativo Android, que foi também nesta quarta-feira mostrada pela primeira vez. Uma das novidades da nova versão (que poderá ser usada por outros fabricantes) são as contas de utilizador com restrições, permitindo, por exemplo, que pais possam impôr limites ao que as crianças podem fazer. Também o browser Chrome passa a ter a funcionalidade de tradução automática de sites, que já existe na versão do Chrome para computadores

 

O primeiro Nexus foi lançado há um ano e foi em parte responsável por popularizar os tablets de dimensões mais reduzidas, numa altura em que o iPad, da Apple, com um ecrã de dez polegadas, era o padrão do mercado. Esta empresa, entretanto, lançou também o mais reduzido iPad Mini, com 7,9 polegadas.

 

Os dois Nexus 7 são fabricados pela taiwanesa Asus. A versão de dez polegadas, que o Google lançou em Novembro, é fabricada pela sul-coreana Samsung.

 

O tablet estará à venda já este mês nos EUA e nas “próximas semanas” chegará a outros mercados, incluíndo alguns países europeus como Espanha e França. Portugal não consta da lista apresentada. No ano passado, o mercado português recebeu o primeiro Nexus 7 três meses depois de este ter sido revelado.

 

O anúncio do novo Nexus 7 foi feito um dia depois de a Apple, na apresentação trimestral de resultados, ter comunicado um abrandamento na venda de iPads. No trimestre passado, foram vendidos 14,6 milhões destes aparelhos, uma descida face aos 17 milhões registados nos mesmos três meses de 2012.

 

De acordo com a analista IDC, a Apple lidera o mercado mundial de tablets, com uma quota de 39,6% no primeiro trimestre deste ano. Seguem-se a Samsung (17,9%), a Asus (5,5%), a Amazon (3,7%) e a Microsoft (1,8%).

 

O Google mostrou ainda o Chromecast, um pequeno dispositivo que pode ser ligado a uma televisão e que permite usar este ecrã para ver vídeos do YouTube ou de outros serviços (a empresa demonstrou com o Netflix, um serviço de vídeo on-demand popular nos EUA). O telemóvel, tablet ou computador serve como uma espécie de controlo remoto e o vídeo pode ser exibido na televisão, enquanto o utilizador executa outras tarefas naqueles aparelhos.

 

O Chromecast funciona com Windows, Mac OS X, Android e iOS.

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.