PN procura corpo de jovem desaparecido há quatro anos em Ribeirão

30/07/2013 00:23 - Modificado em 30/07/2013 00:23
| Comentários fechados em PN procura corpo de jovem desaparecido há quatro anos em Ribeirão

desaparecerA Polícia Nacional (PN) do concelho da Ribeira Grande, Santo Antão, já se encontra no terreno em busca de provas sobre o caso de um alegado homicídio em Ribeirão. Quatro anos após o desaparecimento do jovem de 22 anos na referida localidade, chegou ao conhecimento da PN que a vítima teria sido morta pela própria mãe e pelos irmãos. A questão agora é saber se os rumores podem ser transformados em factos .

Sabe o NN que já foram ouvidas algumas pessoas visadas no processo, inclusivamente a própria acusada, familiares e vizinhos. No entanto, avança o comandante da Esquadra da Ribeira Grande, Cipriano Bandeira, até ao momento, ainda não existem provas que possam incriminar os acusados.E  prova que a PN procura é o corpo do jovem dado com desaparecido .

E neste sentido , uma equipa da PN já se encontra no terreno em busca da suposta cova onde os vizinhos alegam ter sido enterrada a vítima. O Comandante Regional de Santo Antão, António Correia, explica que, por a zona visada ser muito extensa, ainda não podem adiantar informações que comprovem ou desmintam a denúncia feita sobre o suposto local onde foi enterrado o corpo. E se o corpo não for encontrado o processo morre a nascença . A PJ no Mindelo disse ao NN que tem conhecimento do caso ,mas que “nos casos das ilhas onde  não existe uma delegação da PJ as diligências são feitas pela PN  que pode solicitar o apoio técnico da Brigada de Homicídios “.  E a PJ certamente será chamada se o corpo for encontrado .

De acordo com informações divulgadas no jornal A Semana, o alegado homicídio ocorreu em 2009, fruto de um desentendimento entre a vítima e demais familiares envolvidos no processo. A mãe e os irmãos da vítima terão morto e enterrado o jovem nas proximidades da casa, local que depois foi transformado numa horta, numa suposta tentativa de desviar as atenções.

 

 

 

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.