Abandono na terceira idade: idoso enviado da África do Sul sem bilhete de volta

25/07/2013 00:14 - Modificado em 25/07/2013 00:14

Idosos AbandonadosIdosos abandonados ou a viverem sozinhos no Mindelo é um cenário cada vez mais banal. Para colmatar este problema social, existem algumas instituições de apoio, “mas não são o suficiente”, diz um enfermeiro que trabalha no Hospital Baptista de Sousa. Para além disso, ainda não existe no país uma lei que proteja de facto as pessoas da terceira idade.

 

De entre vários casos de abandono há sempre aqueles mais surpreendentes, como é o caso deste idoso de 84 anos. Conforme o enfermeiro, o idoso foi enviado da África do Sul para Cabo Verde sem que houvesse ninguém no país para o receber. “Um amigo da família foi de visita à África do Sul e quando estava prestes a regressar para o país pediram-lhe que acompanhasse o referido senhor até Cabo Verde com a garantia de que estaria alguém no aeroporto à sua espera”, conta.

 

“Chegando ao país, constatou que tudo não passava de uma grande mentira e que tinha sido trapaceado. Este indivíduo cuidou deste senhor por um período de seis meses até que a Cruz Vermelha conseguiu, após um longo período de negociação com a família, enviar o senhor para o seu país de origem”.

 

Sabe o NN que há casos de idosos que são transferidos para o Hospital Dr. Baptista de Sousa em São Vicente e que, chegando à ilha, não têm ninguém que se responsabilize por eles. “O HBS é obrigado a assumir todos os encargos, desde os cuidados médicos ao transporte para o regresso a casa. Muitas vezes, é a Cruz Vermelha quem acaba por assumir esses casos de emergência que podem durar cerca de dois meses até conseguirem resolver a situação e levar a pessoa para junto dos seus familiares”, explica a fonte que adverte para a questão da legislação. “Não existe uma lei que proteja o direito dos idosos e enquanto esta situação não for resolvida, os casos de abandono só tendem a aumentar”.

  1. Cusas qui esta contici gossi dja passa comenta

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.