Furacão previsto por EUA vira perturbação atmosférica

24/07/2013 00:04 - Modificado em 24/07/2013 00:03
| Comentários fechados em Furacão previsto por EUA vira perturbação atmosférica

cabo_verde-mapaNa tarde de ontem o Centro de Meteorologia sediado na ilha do Sal desmentiu informações divulgadas de manhã por alguns órgãos de comunicação nacionais e estrangeiros sobre possível passagem de furacão pelas ilhas de Cabo Verde. O serviço assegurou que não existia a mínima possibilidade de Cabo Verde ser atingido por um furacão.

Depois o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica emitiu um comunicado no mesmo sentido : ” “Trata-se de uma onda tropical, com baixa pressão e convecção associada, cujo desenvolvimento, rotação e movimento indica que poderá trazer o aumento da nebulosidade, alguma precipitação, intensificação do vento e agitação do mar, podendo afectar a região de Sotavento”.

Mas o Centro Nacional de Furacões nos Estados Unidos tinha avisado para um risco médio, ou seja, 40 por cento de hipóteses, de um furacão atingir o arquipélago nas próximas 48 horas. A divulgação dessa informação provocou algum alarme e chegaram ser emitidos avisos sobre o perigo de viagens para Cabo Verde a partir de Lisboa .Mas o Serviço Nacional de Proteção Civil não chegou a emitir nenhum alerta. E como diz o povo , graças a Deus e a natureza os furacões que atingem os EUA , formam-se no arquipélago de Cabo Verde , mas por uma razão que os especialistas da NASA , que estudaram o fenómeno , não sabem explicar ” os furacões atravessam o Atlântico e atingem os EUA .

Em 2006 cerca de 75 cientista da NASA estiveram no país para estudarem a formação de furacões e tempestades tropicais na costa ocidental africana próxima de Cabo Verde.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.