Desvio de 12 mil contos: marido e duas irmãs da ex-funcionária SILMAC constituídos arguidos

23/07/2013 01:17 - Modificado em 23/07/2013 01:17
| Comentários fechados em Desvio de 12 mil contos: marido e duas irmãs da ex-funcionária SILMAC constituídos arguidos

desvio de dinheiroA Audiência Contraditória Preliminar requerida pela Silmac num processo-crime onde uma ex funcionária é acusada de desviar cerca de 12 mil contos da empresa de segurança conheceu o seu desfecho final. Por decisão judicial, o marido de Jandira Neves , e mais duas irmãs foram constituídos arguidos no caso, uma vez que o juiz considera que  ficou provado que são cúmplices do “esquema fraudulento” montado pela ex funcionária da Silmac.

O juiz Antero Tavares, do Primeiro Juízo Crime  da Comarca de São Vicente emitiu um despacho de pronúncia em relação a ACP requerida pela Silmac que contestava o facto de familiares  da ex funcionária Jandira Neves que eram acusados de  participarem do desfalque não estarem inseridos no processo-crime como arguidos.

Com a ACP, a Silmac pretendia que o Tribunal imputasse ao marido, duas irmãs e ao pai da ex-responsável da área administrativa a responsabilidade criminal, uma vez que não faziam parte do colectivo da empresa, mas permitiam que o dinheiro desviado da Silmac fosse depositado na própria conta sob a forma de salário pelos serviços prestados à empresa de segurança.

Finda a ACP o Tribunal validou as provas apresentadas pela Silmac, e assim constituiu arguidos o companheiro e as duas irmãs. Os três cidadãos estão indiciados de participar num esquema montado pela arguida Jandira Neves e que desfalcou a Silmac em cerca de 12 mil contos. Jandira e os três cúmplices vão responder pelos crimes de abuso de confiança e falsificação de documentos.

O processo-crime vai agora seguir para a fase de julgamento e o NotíciasdoNorte apurou que a Silmac quer que  os arguidos sejam responsabilizados pelo seu acto, e que a empresa seja ressarcida pelos prejuízos resultantes do desfalque.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.