Suspeita de ter provocado incêndio no Planalto Leste entregue ao Tribunal

28/05/2012 00:15 - Modificado em 28/05/2012 00:00
| Comentários fechados em Suspeita de ter provocado incêndio no Planalto Leste entregue ao Tribunal

As autoridades policiais no Porto Novo entregam, segunda-feira ,ao Tribunal Judicial da Comarca uma senhora de 54 anos acusada de ter provocado o incêndio florestal deste sábado, em Pico da Cruz, no Planalto Leste.

 

Uma fonte da secção de investigação criminal da Esquadra Policial do Porto Novo, confirmou que essa senhora, acusada de fogo posto, foi presa no sábado e vai ser apresentada amanha, 28, às instâncias judiciais para a legalização ou não da prisão.

Segundo testemunhas oculares pretendia cozinhar, ao livre, e acabou por perder o controlo do lume, que se alastrou por uma zona de cultura de sequeiro e, mais tarde, a uma zona florestal

Um incêndio, que deflagrou no inicio da tarde de sábado , demorou quase sete horas a ser extinto pelos bombeiros do Porto Novo, Paul e Ribeira Grande, tendo ardido uma área de mais de um hectare, coberta por floresta e culturas de batatas e feijões.

Nos últimos três meses, ocorreram no Porto Novo três incêndios em propriedades agrícolas, com origem em queimadas por parte dos próprios agricultores.

A Associação dos Bombeiros do Porto Novo pretende levar a cabo uma campanha de sensibilização dos agricultores e da população, em geral, sobre os perigos que as queimadas (fogueiras) representam para as suas propriedades, zonas de pastagens e florestais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.