Internautas reagem a medida aplicada a Sintanton: “ a partir dos 70 anos pode-se matar e ficar em liberdade ?”

23/07/2013 01:10 - Modificado em 23/07/2013 01:10

FacebookA decisão de aplicar TIR como medida de coacção a João “Sintanton” Dias, com apresentação quinzenal à Polícia e a proibição de saída do país, devido à sua idade e à sua condição de saúde, é um assunto que não está a gerar consensos. Nas redes sociais e também no espaço do fórum do NN as pessoas têm comentado a situação. Devido à gravidade do acto de “Sintantom”, as internautas esperavam que ele ficasse em prisão preventiva em vez de ficar em liberdade. 

 

Mas a decisão de deixar em liberdade “Sintatom” intriga muitos comentadores . Por exemplo, Dúnia Duarte escreve que com esta medida “quer dizer que depois dos 70 pode-se matar todos” os que nos aborrecem. E deixa o aviso no ar: “Fastentos me aguardem”. Em tom de brincadeira mas de forma séria questiona a medida e a possibilidade de cada um responder pelos actos que comete. No fórum do NN um leitor levanta a questão: “por causa da idade podemos fazer o que queremos sem ir para a cadeia”. E pergunta se na cadeia não têm médico para cuidar destas situações.

 

 

António Livramento no fórum faz uma suposição dos próximos actos de “Sintantom”: “Ao ser-lhe aplicado T.I.R. baseado na lei que, em meu entender, necessita de revisão, não se estará a incentivá-lo para matar mais pessoas, infelicitando outrem com reacções de desfecho imprevisível?”.

 

Com este caso, a idade de 70 anos é vista como “a idade da desresponsabilização”. Do ponto de vista dos internautas, com esta idade pode-se fazer tudo sem se sofrer represálias. “Os que me atazanam agora, que me aguardem, porque neste momento estou a trabalhar, viver, divertir e passear e, sobretudo, educar os meus filhos. Depois dos 70 conversamos! Já que não terei punição ao fazê-lo”, escreve um internauta de forma sarcástica. Outro já encontrou a solução para os “problemas”: “Agora vai ser assim: se quiser matar o seu inimigo é só mandar o meu avô ‘limpá-lo’”.

As pessoas continuam na senda de que aos 70 se pode fazer tudo. “Basta ter 70 anos para se ter a “liberdade” de sair por aí a matar sem conta. Bonito, não é?”, Escreve um leitor do NN no fórum questionando onde pára a Constituição da República, os direitos humanos e os direitos da malograda. E resume que “lugar de criminoso é, no mínimo, na cadeia”.

 

E onde estão os direitos humanos, de cuja Carta Universal Cabo Verde é subscritor? Ou a Elsa não tinha direito à vida, na óptica do Estado de Cabo Verde? Que Estado é o nosso?! Criminoso é criminoso seja qual for a sua idade. E lugar de criminoso é, no mínimo, na cadeia.

 

Mas os internautas esperam que cometer crimes aos 70 anos por “falta de punição, não vire moda”.

 

  1. Morador de Vila Nova

    Meus caros leitores, esse homem constitui um perigo para sociedade. Vocês nem imaginem ele esta na Cidade da Praia mas concretamente na Pedra Badejo desfrutando da sua liberdade e ainda tem o escara mente de telefonar uma inquilina que mora na sua casa para cuidar da casa e que em breve está de volta porque ainda não esta satisfeito pq a senhora que ele matou era apenas uma das ameaçadas e que ainda vai regressar e concretizar o desejo dele que é eliminar uma vizinha… continuação em baixo.

  2. Morador de Vila Nova

    … como eu tinha vos dito … concretizar o desejo dele, que é eliminar a vizinha que por um motivo qualquer eles tiveram um desentendimento e a senhora em questão destruiu o capão do seu carro com uma pedra e ele jurou vingança. Porque segundo ele a senhora vai sofrer assim como sofreu o seu carro e ele não descansa durante não matar jovem porque já não tem nada a perder na vida, uma vez que já esta com 83 anos. Agora pergunto o que justiça vai fazer para proteger essa jovem que está na mira?

  3. CidadaoCV

    As coisas não são bem assim. Ninguém é inimputável só porque tem mais que 70 anos. O senhor Sintantom só está a aguardar julgamento em liberdade, por decisão do juiz. Ele vai ser julgado e condenado pelos seus actos de acordo com o código penal cabo-verdiano. Vamos aguardar pela justiça e rezar pela paz eterna da alma da Elsa. O que não é LEGAL é justiça de rua.

  4. Vila Nova te esperal

    Sintanton matá Elsa e tribunal premial cum escolta de segurança rigida e dal uns dia de feria mas propriamente na ilha de Santiago na localidade de Pedra Badejo, mas ele podé estot sossegot dia quel pó pé li na Vila Nova antes de ele faze mais vitima ele ta ser julgot na praça publica ja que tribunal que teve capacidade de mandal pa cadeia nó ta mandal pa cimiterio, bandido do diabo, li na vila nova mais nenhum familia ta sofre moda familia e amigos de Elsa sofre mot bo, assassino d’infer.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.