Vieira Lopes acusa Bana

24/07/2013 00:07 - Modificado em 24/07/2013 00:06

Amilcar CabralNum artigo de opinião publicado no ASemana o advogado Vieira Lopes acusa o falecido cantor Bana de ter sido colaborador da PIDE e de ter dado uma festa para comemorar o assassinato de Amílcar Cabral. “Em Fevereiro de 1973, no Mindelo, na Ilha de S. Vicente, poucas semanas após a notícia da morte de Amílcar Cabral, os cabo-verdianos ainda sofridos com a trágica notícia e acabrunhados, foram violentados e escandalizados pelo descaramento de rejúbilo do Sr. Bana a convidar pessoas para uma festa por ele promovido “para festejar a morte de Amílcar Cabral” – escreve Vieira Lopes, fazendo depois referência à colaboração de Bana com a polícia política salazarista, PIDE: “O mesmo Sr. Bana, colaborador da Pide/DGS que, de passagem por Lisboa no regresso a Cabo Verde, teria causado a prisão do artista seu companheiro (na digressão pidesco-musical aos EUA) e de outros cabo-verdianos pela Pide/DGS se não fosse a enérgica intervenção do nosso Ilustre Conterrâneo Senhor Jorge Pedro Barbosa que, rispidamente, o advertiu de que se as prisões acontecessem ele, JP Barbosa, accionaria a Justiça dos EUA contra o Sr. Bana, contra o Estado Português e contra a Pide/DGS pelos factos, ocorridos no território dos EUA.”

O advogado afirma que Bana esteve ao serviço da PIDE e do regime colonial no apoio moral à tropa portuguesa, nomeadamente em Angola: “o Sr. Bana ia a Angola cantar, para dar apoio e conforto namatança dos angolanos que lutavam pelo nobre ideal e Direito Fundamental da plena Independência de Angola.

A finalizar o artigo, Vieira Lopes insurge-se contra o Governo por este ter decretado dois dias de luto nacional pela morte de Bana. “Que raio de desqualificado “luto nacional”, de verdadeiro descalabro e total vergonha nacional é este, pelo passamento do que foi um execrável bufão da Pide/DGS, festejador da morte de Amílcar Cabral e cantor-animador das “valorosas Forças Armadas Portuguesas” (sic), para matarem mais guineenses e mais angolanos que, reconhecidos e legitimados pelo Direito Internacional, lutavam contra a obstinada e sanguinária teimosia portuguesa em manter, contra o tempo e contra todos, o obsoleto e atrasado Colonial-Fascismo Português?“

Vieira Lopes vem com este artigo colocar o dedo numa ferida que muitos consideravam sarada ou que o tempo tinha feito esquecer que existiu. O dossier dos cabo-verdianos que colaboraram com a PIDE é um terreno pantanoso e secreto que, hoje, se confunde com a fantasia ou os desejos de acertos de contas tardio com a história. O certo que é Bana logo a seguir à independência foi acusado de pertencer à PIDE e só não foi encaminhado para o campo de concertação do Tarrafal, juntamente com outros colaboradores da polícia politica porque o Comandante das Forças Armadas Portuguesas pediu aos “homens do PAIGC para que Bana ficasse sob o seu cuidado devido à sua condição de cantor”. Tudo indica que Bana não chegou a estar preso nem em Cabo Verde, nem em Portugal para onde foi levado. Não se conhecem mais pormenores dessa história.

Bana e o conjunto a Voz de Cabo Verde cantaram e actuaram em Cabo Verde, no Mindelo (Eden Park) e na Praia, em 1982, depois – é certo – de vários anos de ausência. Depois disso, e antes da abertura política também, ele fixou-se em Sao Vicente onde chegou a adquirir e a gerir o Katem. Depois disso vai para Portugal regressa depois da abertura política com o apoio de Onésimo Silveira , presidente da CMSV . Mas ,mais uma vez regressa a Lisboa

Corrigido ás 13h 46 minutos de 22.07.13

 

 


 

 

 

  1. Robin

    É uma covardia por parte de Vieira, vir agora denegrir a imagem de Bana após a sua morte. Porque ele não escreveu este artigo antes da morte do artista de modo a que ele pudesse se defender?
    Grande cobarde e um invejoso este Vieira Lopes

  2. que advogado covarde depois de tantos anos vem falar de bana que tristeza desse homem me da nojo de certos advogados depois bana tar morte vem esse homem para tentar tirar proveite na custa de bana

  3. Julio Goto

    Combatentes da liberdade e da oprecao seria o titulo mais adequado para aqueles que combateram para depois reprimir e massacrar o povo caboverdeano ate os fins de 80.
    Nao venhas dizer que o Aristides Pereira ,que foi para a cova com rancor do povo de S.Vicente pela derrota sofrida (minha vida nossa historia) foi um santinho.
    A reabertura do Tarrafal,a perceguicao da UDC ,os militares que reprimiu os trabalhadores na estrada de S.Pedro,a reforma agraria S.Antao o caso da selecao nacional etc.etc.

  4. pedro da cruz

    Eu não só considero uma covardia por parte de Vieira Lopes, mas um mentiroso!!! Caboverdianos foram enganados com o assassinato de Amilcar Cabral. E eu acredito que mediante a última campanha das legislativas, os nossos governantes numca faram a verdade ao seu povo. Mas fica uma pergunta, porque só agora somos confrontados com uma notícia desta?

  5. alberto tavares

    Sem ir a detalhes, a coisas sucedidas quando prôprio partido ùnico fazia das suas para se implantar comentendo ele mesmo coisas fora da lei; digo que esta aadvogado é um passarão, a tal ave que desapareceu da nossa terra e que se alimentava de mortos.
    E eu que lia com simpatia as suas prosas…

  6. Helena Santos

    Francamente, este Sr. ou sei lá o que, onde é que ele pensa que esta? ainda nos anos 70? haja respeito nãoi s+o pelos mortos, mas também por quem usa esses sites para ler e ver coisas com cabeça tronco e menbros.

  7. Pedro José Lima

    Como é que um advogado perde a cabeça para ir mexer na sanita? So estou de acordo com ele quando denuncia a brincadeira de fazer luto nacional a torto e a direito o que não passa de propaganda.
    Que o PR e/ou o Ministro da Cultura se desloque é compreensivel mas luto nacional…
    Mais seriedade, caramba…

  8. Sr. Vieira Lopes, sinceramente ninguém vai acreditar numa coisa destas sabe porque?
    Os Mindelenses sabem perfeitamente que a partir de 1986 Bana estava em Cabo Verde
    Nesta altura era dono de um empreendimento turistico aqui em Mindelo situado em Chã de Cricket e chamava 5 de Julho e que agora pertence a Universidade JEAN PIAGET. Passados algum tempo, teve que regressar de novo à Portugal para fazer a sua vida. Dizendo isto porque, eu quase trabalhei com ele.O Sr.Dr.Onésimo nem estava em C.Verde.

  9. DC - opinião

    A Notícia e essas “Verdades” Sempre existiram, os Caboverdianos que nunca se interessaram pela História de Cabo Verde.Ou Será que é o nosso “Sistema” que nunca despertou esse interesse pela nossa Historia por medo que descobrissem essas verdades? lol Não Sei, a Única coisa de que eu tenho Certeza é que Há muitos segredos a serem revelados, e não me “espanto” com mais NADA!

  10. Artur

    Bana colaborador da pide diz-se.Pois que é verdade é!.Pois muita gente sabe desta informação. A pergunta é, será que há necessidade para revivermos isso? Na minha opinião acho que o sr.Vieira Lopes escolheu má altura de estar a mexer em factos que traz mais prejuijos de que vantagens.Aliás não traz vantagens nenhuma.Por outro lado que houve exageros em gastos públicos com esta morte do Bana, ah esse sim,houve. Mas…

  11. MJS

    Isso de “bufo” da PIDE/GDS existem muitos entre nós , o BANA não foi o único!!! Porém, penso que o advogado Vieira Lopes terá que provar que ele Bana, deu uma festa em comemoração pelo assassinato do nosso líder AMÍLCAR CABRAL. Se se provar que isso aconteceu , minha gente doa a quem doer , não merece todo esse velório que o Governo de Cabo Verde fez e pensa fazer em sua memória, mormente de três dias de luto nacional que a priori , considerei uma aberração do nosso Governo.

  12. Pedro

    A ser verdade é um grande favor que o Dr. vieira Lopes está a prestar aos Caboverdianos. Até porque muita coisa da nossa história é desconhecido do grande público.

  13. Carlos Ferreira

    O nível intelectual e cultural dos caboverdianos é baixíssimo para nao dizer nula, salvaguardando algumas raras excepções. Nao estão habituados a dialogar, a argumentar, a debater ideias e quanto mais a raciocinar.Queiramos ou nao, talvez sem ele querer, Bana tornou-se uma figura publica com todas as suas implicações, isto é com todas vantagens e inconvenientes inerentes a esse estatuto. O problema é que depois da morte do Bana os seus admiradores nao quem aceitar que ele era um homem como outro qualquer, um ser mortal, com todos os seus defeitos e virtudes.
    Em especial os seus defeitos ou erros no aspecto político devem ser vistos e analisados no contexto da época em que ele viveu em Cabo Verde (nós fomos sempre pró portugueses e tal está arreigado no nosso subconsciente ) e tambem a bastante limitada capacidade do Bana em prever as consequências dos seus actos à luz da História. Poderia dizer recorrendo à Bíblia : “perdoai-lhe meu pai porque nao sabia o que fazia!” Tal é também aplicável a milhares de caboverdianos, a maioria na época, anti revolucionários, anti comunistas,anti Paigc, anti Amilcar Cabral e mais pró portugueses que os proprios portugueses. Há uma tentativa de encobrir este nosso comportamento menos heróico mas tal é passar uma esponja sobre a nossa memória colectiva. Nao é por mero acaso que o número de pessoas que fazem parte da lista de Combatentes da Pátria é anormal nao só quantitativamente como qualitativamente e com nomes de pessoas com comportamentos duvidosos e em especial anti independencia antes de 25 de Abril.
    Voltando ao Bana a caixa de Pandora jà abriu e daqui a pouco, principalmente os seus colegas de profissão, os seus camaradas de antanho e seus companheiros de negócios, passado este momento de histeria nacional, cairão na realidade do dia a dia e vão começar a falar dos segredos que os discípulos de Bana nao querem ouvir mas que fazem parte da vida deste grande e único interprete da nossa música, que foi o Bana.

  14. Ariane Morais-Abreu

    Entre os revelados colaboradores da pide, os nao-revelados transfugios da primeira hora, os ditos combatentes pela independência e os autenticos neocolonialistas assassinos… quais sao os piores inimigos de CV e da nossa HISTORIA ??! Na lista dos colaboradores (conhecidos e escondidos) faltam muitos nomes de mortos e vivos crioulos complexados que pensam iludir sobre as mas acoes passadas e presentes. Bana , além de ser o genial interprete da Morna, foi também um homem do seu tempo…

  15. adilsonmonteiro

    so gosi ki bana dja morri ki nhos ta publica axo eu djen ki publica ki deve toma pena de a bana bandos de merdassssssssssssssssssssssss

  16. Rui Furtado

    Verdadeiro ou falso? Eis a questão.
    Penso que a ser verdade a afirmação do dito advogado,acho deveria ter sido proferida em vida do Bana. Toda a gente tem direito à sua defesa mas agora que o Sr. faleceu fica dificil ele defender a sua honra. Como li e concordei,temos de analisar a situação de acordo com a conjuntura da época. Quantos de nós já não cometemos erros sem medir as consequencias?

  17. Carlos Jorge Wahon

    Vieira Lopes é advogado djan-djan,com curso cumprode via Brasil, sem crediblidad pa fálá nem na sé vida. Uvi ó Vieira Lopes, djá bo págá kés dividas ke bo tchá li ness terra? Se bo tava págás tcheu gent de Casa Serradas tinha sés dinher na ora uvi palhiass!!!

  18. Djony Júnior

    Mas que rai de advogado o senhor deve ser, depois de uma pessoa ter desencarnado,vem com essa historia. Isso é covardia da sua parte porque um assunto tão importante e que diz respeito a um povo e uma nação não deve ser tratado dessa forma.Vou respeitar a sua opinão,mas devia ter coragem de debater esse assunto com o nosso e sempre grande cantor BANA por isso não acredito na sua versão.Pelo respeito que tenho aos artista da minha amada patria CABO VERDE

  19. Silvério Marques

    Toda a gente sabe que o Dr.Vieira Lopes disse a verdade e nada mais que a verdade. Toda a gente com mais de 60 anos. A peça mesmo diz que quem safou o BANA de ir parar ao Tarrafal de Santiago onde foram presos os informadores da PIDE foram os portugueses que fizeram um pedido de clemência por ele. MAS, MUITAS VEZES NEM TODAS AS VERDADES DEVEM SER DITAS. O BANA AO DEIXAR CABO VERDE INSULTOU TODA A GENTE E DISSE QUE NUNCA MAIS VOLTARIA, QUANDO LEVOU O HOTEL 5 DE JULHO Á FALÊNCIA.

  20. Silvério Marques

    MUITA GENTE DE S.VICENTE ESTÁ CALADA MAS SABE TODA A VERDADE. O ARTIGO FOI ESCRITO AGORA JÁ QUE NINGUÉM IMAGINAVA QUE ESTE GOVERNO E PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA FIZESSEM TANTO ALARIDO PELA MORTE DE UM INFORMADOR DA PIDE.
    POR MIM ACHO QUE DEVE-SE DISCUTIR SE O ARTIGO É OPORTUNO OU NÃO.
    EU ACHO QUE O ARTIGO É OPORTUNO.

  21. Lino Públio Monteiro

    Uma verdade dita de forma dura. Onde param os arquivos do informadores da PIDE ? Ainda estão na Torre do Tombo. O arquivo dos factos ocorridos em Cabo Verde deveriam vir para o Arquivo Histórico Nacional para consulta dos interessados. Assim, muita gente deixava de se vangloriar de serem combatentes. Um combatente tinha ou não de ter uma ficha na PIDE ?

  22. joão Gomes

    …que notícia extemporânea! Catanhó mesmo esse vieira lopes!!! Perdeu uma grande oportunidade de não a escrever enquanto Bana vivia….

  23. Anonimatoéumdireito

    Mas espera aí … não percebo o porquê da condenação do Sr. Dr. Vieira Lopes. O Senhor apresenta um facto e sua indignação, mas não deparei em momento algum com nenhum tipo de incentivo para que os leitores se insurjam contra o Bana. Afinal a verdade é ou não é benéfica? Cada um que tire as suas ilações.

  24. Anonimatoéumdireito

    Concordo, mais vale uma verdade desagradável do que um mentira que agrade a todos…
    Verdade é sempre verdade.

  25. joao almeida

    isto é uma covardia ,porque é k esse senhor nao falou quando o SR BANA ainda etava vivo?estava com medo do qué?pergunto eu,ele devia era estar calado para sempre,pobres cuitados ,falam so depois dos outros morreram,tremenda vergonha

  26. António

    Sou português e anticolonialista. Esta notícia de um tal Vieira Lopes acusando o cidadão Bana de colaboração com a pide peca por extemporânea e revela o mau caráter do sujeito. Ou o acusava enquanto Bana viveu e se poderia defender ou o melhor era estar calado. Agora só serve para ressucitar velhos ódios entre caboverdianos e abrir feridas saradas há muito. A verdade é importante, mas não feita desta maneira. Até, que este senhor, não apresenta provas nenhumas, que atestem a acusação que faz.

  27. António

    Agora terão de ser aqueles que conheceram Bana de perto e os combatentes do colonialismo, gente que os cabaverdianos considere idóneos, respeitados e verdadeiros, vir a terreiro esclarecer tudo isto.

  28. lima

    eu acho uma cobardia deste sr. depois de morte? o BANA não merecia isso, porque não falou antes que cobardia minha gente BANA descança em paz….

  29. lima ramos joana

    cobardia deste sr. o BANA não existe e agora, falar para quem,que DEUS o tenha em gloria…

  30. Mariano Godoy

    Paicv sempre tratou mal os artistas que se destacaram no tempo colonial. Acusou a Titina de ser da Mocidade Portuguesa porque ela contou no navio que trazia o Adriano Moreira. Porém, não foi sem surpresa que vi a Titina na comissão de honra da candidatura de Manuel Inocência Pereira. Tito Paris durante muito acusado pelo regime tambarina de gatos-e-sapatos, recebeu das mãos de JMN, duas condecorações iguais, sem se toupar que estava a lhe encher o saco. Bana se manteve fiel.

  31. atento s.vicente

    òh Sr. Veira deixa de ignorancia. Depois da morte ninguem alem de ti vai odiar o BANA. Tu és mesmo burro porque revelavas antes da sua morte para que ele pudesse dar-te um soco na cara com aquelas maos pesadas que ele tinha. Agora já é tarde demais. Ainda ele ficou na história da musica e da morna . E tu que história tens? história de lançar confusao depois da morte? ficas como aquele senhor que em vida nao conseguia “trancar” na gente mas depois da morte ele trancava neles na na camara fria.

  32. Januário M.Soares

    Este sr. Vieira, julge eu que ele deve saber quem foram estes imformantes, se ele mesmo talves deveria ser um imformador, se ele diz que Bana era, deve ter maies companheiros que estão ainda vivo, que deve trazer os nomes, para que eles possam defender, e não aquel que ja deixou este mundo dos vivos.

  33. Anonimatoéumdireito

    O Sr. Dr. Vieira Lopes não publicou antes certamente porque todos o criticariam, ou era porque o Bana estava a contornar uma fase fragilizada, ou porque estava a ultrapassar um momento fenomenal da carreira e logo todos diriam que se tratava de inveja.
    O que é certo é que AS NOSSAS ACÇÕES PERSEGUIR-NOS-HÃO.
    Aos defensores pergunto: PORQUE SERÁ QUE O BANA NUNCA PEDIU DESCULPAS?
    Será que em 40 celebrações da Independência Nacional e de lamento pela Morte de Cabral nunca surgiu uma oportunidade?

  34. Carlosjorge Ferreira

    Só para deixar bem claro que o CARLOS JORGE WAHNON QUE AQUI COMENTA NÃO É CARLOS JORGE WAHNON FERREIRA DE S.VICENTE!

  35. EUSEBIO

    PODE SER VERDADE ? EU PENSO QUE OS CABOVERDIANOS DEVERIAM INTERESAR A HISTORIA DE CABO VERDE

  36. Kalu

    E covardia falar de alguem que ja nao esta aqui para responder,olha houve muitos caboverdeanos que estiveram ao lado dos Portugueses.Foi um grande cantor e embaixador da musica Caboverdeana no mundo inteiro.Mesmo se fez o que tao dizendo,devemos perdoa-lo,e que ele descanca em paz.Vos que ficais e que sao covardos um dia terao o vosso julgamento tambem.

  37. flavio fernandes

    bosse divia gorda bosse estoria pa conta bosses net ke iss e literalment da ne catchorr mort ou seja aproveita de um morto pa ganha protagonismo um kata intende pq ke ne 2013 no te bem fala de un estoria ek acontecce se é que el acontece ha 40 on atraz não faz sentid e se Bana falha ma povo bosse katem legitimidad pa julgal senod el de pid o não el da um comtribut decisiv pa cultura de cabverd estod onde ke el ta aoje e tchau

  38. felisbina

    NAO SEI QUE STA A PASSAR COM ESSE SENHOR PARRECE QUE STA A TENER AMNESIA NAO SABE QUE FALAR DE UM MORTO E MILHOR FICAR DE BOCA FECHADA PORQUE ELE NAO PODE DEFENDER…COBARDE SE CALASTE TODO ESSE TEMPO ERA MELHOR SE TEVESSE CALADO PARA SEMPRE.

  39. Sr Vieira, é cobardola é staba sucundidu só ta spera pa Bana morri pe akusal..Até podi ser verdadi mas é teve tempo pe akusa, e Bana podia difendeba. Sr vieira Lopes, nta xinte vergonha di nhô nhu ser caboverdiano.

  40. João

    … não foi encaminhado para o campo de concertação do Tarrafal, juntamente com outros colaboradores da polícia politica …
    ..então. o campo de concentração não foi encerrado no primeiro de Maio de 1974?
    Também foi reaberto para receber mais presos?
    Nada se vê a esse respeito nos quadros informativos expostos!
    Das duas personalidades (acusador e acusado) colocados hipoteticamente nos pratos da balança com o propósito de aferir qual dos dois foram mais uteis a cultura desse país qual seria o resultado?
    Uma pergunta:
    Quantas pessoas (combatentes) foram fuziladas durante a luta pela independência nas matas da Guiné por desacordo de certas práticas reinantes nas hostes da guerrilha!
    Ka nu puxa pâ ka ratxa!

  41. Poirrot

    A verdae deve ser dita. Esta nunca tinha ouvido.

  42. criolo santiago

    Si Bana ka fosse cantor, djentis di sanvicenti tinha el pâ lixo
    Afinal ~e ê discendenti di badiu lâ di Ribera da Barca. Mas como Deus dal ês don di canta Sanvicenti n´tendi mâ êl ê cantor pamodi ê naci lâ. hipocrisia. Viera Lopis flâ aquilo ki ê sâbi. Ê stemporranio, sim ê, mâs, talvez seja verdadi

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.