Paga uma parte de horas extras aos professores

12/07/2013 07:53 - Modificado em 12/07/2013 07:53

EscudosDepois de ponderar a realização de uma greve para reivindicar o pagamento de horas extraordinárias, um grupo de professores do Instituto Universitário de Educação, ex-Instituto Pedagógico, na ilha de São Vicente viu uma luz acender-se no fundo do túnel. A instituição pagou o dinheiro referente à prestação de serviços no primeiro semestre, ficando por pagar as remunerações do segundo semestre.

A Direcção do Instituto Universitário de Educação resolveu parte do problema dos atrasos no pagamento das horas extras a oito professores que trabalham em regime de acumulação no IUE, ex-Instituto Pedagógico, na ilha de São Vicente.

O NN sabe que os atrasos foram provocados por “um mal-entendido no sistema de pagamento” e que, ultrapassada essa barreira, o Instituto Universitário de Educação mandou pagar as remunerações aos docentes que prestaram serviço à instituição.

De realçar que foi disponibilizado parte das horas extras, pelo que os professores receberam o dinheiro referente ao primeiro semestre. Contactado pelo NotíciasdoNorte, o grupo de professores em causa sublinhou que recebeu parte da dívida e que falta pagar o dinheiro referente às aulas ministradas no segundo semestre que engloba os meses de Abril a Julho.

  1. Fiat lux

    O Estado está deixando de ser uma pessoa de bem para ser uma entidade a evitar, o que é extremamente mau numa sociedade. Há professores da UNICV que não recebem desde Março de 2013. A ADEI deve por formações ministradas desde Novembro de 2012. Se não se confia no Estado que devia ser uma espécie de SUPER-PAI, em quem confiar? Vamos mudar isso? É UMA VERGONHA MANTER ESTA SITUAÇÃO! HÁ MEDO DE REPRESÁLIAS, O QUE PIORA AINDA MAIS A SITUAÇÃO…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.