Microsoft testa smartphone que consegue ler o nosso estado de espírito

11/07/2013 11:26 - Modificado em 11/07/2013 11:26
| Comentários fechados em Microsoft testa smartphone que consegue ler o nosso estado de espírito

781932A Microsoft está a desenvolver uma tecnologia para smartphones que permite detectar o humor dos utilizadores e partilhar essa informação automaticamente nas redes sociais. O MoodScope, assim se chama o novo produto, funciona através de “sensores de humor”.

 

Ao analisar telefonemas, mensagens escritas, o histórico do motor de pesquisa, para além de outras interacções comuns nos smartphones, é possível prever o estado de espírito do utilizador 93% das vezes passados dois meses, segundo um estudo do centro de investigação da Microsoft em Pequim.

 

Com esta inovação, amigos e família passam a ter a possibilidade de saber como nos estamos a sentir. Programas de reprodução de música como o Spotify também poderão usar a tecnologia para criar ou adaptar playlists de acordo com o humor dos utilizadores.

 

“O MoodScope permite aos utilizadores comunicarem entre si de uma forma mais próxima à realidade”, adianta o relatório que resultou da investigação da Microsoft Ásia. “Para partilha do estado de espiríto, um sensor de medição de humor automático não melhoraria apenas a interactividade, como também diminuiria as barreiras sociais: não dizemos às outras pessoas como nos sentimos muitas vezes, mas também não fazemos questão de o esconder permanentemente.”

 

Os investigadores também detectaram a incapacidade do MoodScope em capturar todos os factores que influenciam o estado de espiríto, explica o site australiano TechWorld, o primeiro a notar a existência do relatório. “O objectivo do nosso estudo é investigar a relação entre os padrões de usabilidade dos smartphones e o humor dos proprietários. Temos conhecimento de que alguns factores externos não são tidos em conta nesta abordagem”, lê-se.

 

Os investigadores da gigante norte-americana nunca testaram a tecnologia num telemóvel Windows, optando por utilizar uma combinação entre o sistema operativo Android e a tecnologia do iPhone. Para já, ainda não existe qualquer data prevista para o lançamento do novo produto.

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.