O dilema de Jorgina : Fugir da renda para que o dinheiro renda

10/07/2013 07:49 - Modificado em 10/07/2013 07:49
| Comentários fechados em O dilema de Jorgina : Fugir da renda para que o dinheiro renda

casa seguraA falta de emprego em São Vicente não deixa muitas opções e os cidadãos têm de fazer o melhor para levarem uma vida normal, tranquila e com menos necessidades possíveis. Muitas vezes, é necessário fazer alguns cortes mesmo que estes signifiquem abrir mão de questões como o conforto e a estabilidade. É o caso de Jorgina Santos, moradora em Espia, por baixo de Jon Debra que optou construir uma casa de lata e uma das justificações para essa decisão é a fuga à renda e fazer com que o dinheiro “investido” possa ser usado para outros propósitos. Mas foi devido à ajuda de familiares e amigos que conseguiu construir a casa onde hoje mora.

 

Jorgina reside há cerca de cinco anos na zona juntamente com a filha e a neta e ainda conseguiu fazer mais um quarto e abrigar um amigo que não tinha lugar onde dormir. Ela elege a falta de trabalho para a situação que vive e, como anda a ilha de São Vicente não vislumbra uma melhoria na sua situação, mas espera “ir conseguindo passar de um dia para o outro”.

 

Vivendo sem algum tipo de ajuda e com dificuldades, Jorgina afirma que não discute o trabalho e “qualquer coisa que aparecer serve” desde que seja um trabalho honesto. Mas confessa que muitas dificuldades são devidas à situação da zona onde reside, como a falta de água e de saneamento. Mas de todas as formas, esta cidadã sente-se na posição de se esforçar em prol da sua família e continuar a ajudar aqueles que também passam por dificuldades.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.