Árbitro mata jogador e é esquartejado em campo

13/07/2013 08:02 - Modificado em 13/07/2013 10:53
| Comentários fechados em Árbitro mata jogador e é esquartejado em campo

brasilUm jogo de futebol entre conhecidos terminou em tragédia

 

Um inofensivo jogo de futebol entre conhecidos numa manhã de domingo, prática muito comum em tantas cidades, principalmente no interior, terminou numa tragédia com duas mortes e uma sucessão de horrores no estado brasileiro do Maranhão, no nordeste do Brasil. O árbitro que apitava o jogo matou um jogador à facada e depois foi linchado e esquartejado em pleno campo.

A barbárie aconteceu no pequeno povoado de Centro do Meio, na zona rural da cidade de Pio XII, no interior do estado. Depois de ser expulso de campo pelo árbitro Otávio Jordão da Silva Cantanhede, de 20 anos, bem mais novo que ele, o jogador Josemir Santos Abreu, de 31, funcionário dos correios da localidade, recusou-se a sair das quatro linhas e ambos iniciaram uma forte discussão.

A certa altura, segundo testemunhas, o árbito Otávio sacou de uma “Peixeira”, faca de lâmina longa e larga muito comum no nordeste brasileiro, e deu duas facadas no peito de Josemir, que caiu já ferido de morte. Enquanto o jogador era levado por amigos para o hospital de uma cidade vizinha, o árbito começou a ser apedrejado por parte do público e, de acordo com o que a polícia conseguiu apurar, por familiares e amigos de Josemir.

Atordoado com a chuva de pedras que lançavam sobre ele, Otávio já não conseguiu reagir quando a multidão o cercou e agrediu repetidas vezes à paulada. Quando o jovem árbito caiu, os agressores usaram “Peixeiras” semelhantes à dele para o esquartejarem, segundo algumas testemunhas, quando ainda estava vivo.

A sucessão de horrores continuou com a exposição da cabeça de Otávio no alto de uma estaca de uma vedação de arame farpado dentro de Centro do Meio, enquanto pernas e braços foram expostas em outras estacas também na localidade. Todos esses atos bárbaros foram filmados pelo público com telemóveis e a polícia tenta agora apreender as imagens e usá-las para identificar os autores do linchamento e esquartejamento de Otávio.

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.