Assassinato de Armando Rodrigues: Ex-nora e amante acusados de homicídio agravado e de roubo

4/07/2013 01:34 - Modificado em 4/07/2013 01:34
| Comentários fechados em Assassinato de Armando Rodrigues: Ex-nora e amante acusados de homicídio agravado e de roubo

JulgamentoO Ministério Público deduziu a acusação contra os indivíduos suspeitos do assassinato de um cidadão Armando Rodrigues na zona de Impena, ilha de São Vicente. Os suspeitos, a ex-nora, Celeste, de 41 anos, e o seu amante, Djudja, 32 anos, estão indiciados da prática de um crime de homicídio agravado em concurso com um crime de roubo. Recorde-se que os indivíduos estão em prisão preventiva na Cadeia de São Vicente.

 

O processo de instrução do caso do cidadão Armando Rodrigues, de 77 anos, assassinado na sua residência em Impena foi concluído pelo Ministério Público. O processo-crime foi entregue ao Segundo Juízo Crime da Comarca de São Vicente que se encontra a ultimar os preparativos para a realização do julgamento, marcado para o dia 9 de Julho.

Os arguidos do processo vão ser confrontados pelo juiz acerca das circunstâncias que os levaram a assassinar o ex-funcionário da Fábrica Sport em Setembro de 2012. Recorde-se que o caso aconteceu no dia 19 Setembro, e que seu corpo foi encontrado pelos familiares no seu quarto, coberto com algumas peças de roupa. A vítima apresentava lesões na cabeça, escoriações na face e no pescoço.

Volvidos sete dias, a ex-nora da vítima e o seu amante foram detidos pela Polícia Judiciária, depois de assumirem a autoria do crime. Sobre as causas da morte de Armando Rodrigues, a autópsia realizada pelas autoridades sanitárias e pela médica legista revelou que o idoso sofreu várias agressões no corpo, mas que a causa da morte foi por asfixia.

Resta agora esperar pelo julgamento para se apurar o móbil deste crime censurado pela sociedade são-vicentina na altura dos factos. De realçar que os acusados incorrem numa pena de prisão de 15 a 25 anos, se o Tribunal der como provados os factos que lhes imputa:a prática de um crime de homicídio agravado.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.