O Apito de Alerta

1/07/2013 00:00 - Modificado em 30/06/2013 23:53

arbitroPaulo Santos, professor, árbitro Nacional desde 2009, exerce a função por paixão para com essa actividade desportiva.

Vem, publicamente, manifestar o seu descontentamento perante os critérios que o Conselho Nacional de Arbitragem tem vindo a utilizar na escolha dos árbitros para o campeonato nacional de futebol sénior.

As equipas de futebol disputam o título regional para poderem participar no Campeonato Nacional enquanto que os árbitros não competem porque os mais categorizados já têm lugares permanentes o que desmotiva os menos categorizados.

A falta de competitividade entre os árbitros faz com que, neste momento, tenhamos árbitros empíricos e debilitados fisicamente e, como prova disso, nota-se a ausência de árbitros cabo-verdianos nas competições internacionais.

Também é do seu conhecimento que na última Formação de capacitação para árbitros de elite patrocinado pela FIFA, realizada no ano transacto na cidade da Praia, no universo de vinte e seis árbitros somente três conseguiram ter sucesso nos testes físicos, a saber, duas senhoras de São Vicente e um senhor de São Nicolau.

A nossa Selecção Nacional de Futebol esteve no CAN e a arbitragem ficou no fundo do poço.

Não estando obcecado em participar no campeonato Nacional e se algum dia vier a participar, o que é difícil ou quase impossível tendo em conta os critérios anteriormente mencionados, fá-lo-á por mérito próprio.

A arbitragem é o momento e não a insígnia ou antiguidade.

É de opinião que, na ausência de observadores qualificados e competentes para avaliarem o desempenho individual dos árbitros nos jogos regionais, o Conselho Nacional deveria autorizar os Conselhos Regionais a efectuarem testes técnicos e físicos aos árbitros no final das provas regionais e, sendo assim, teríamos árbitros bem preparados a participarem no campeonato Nacional Sénior por mérito próprio de cada um.

Espera que a sua exteriorização não seja mal interpretada e que não atinja o direccionado mas pretende apenas informar o receptor do que está a acontecer a nível da arbitragem em Cabo Verde. Ciente que seja um desabafo que, quiçá, dê grande contributo em prol do desenvolvimento do futebol do nosso país.

  1. Parabens Paulo

    Parabens ao Paulo, esta é uma gota num oceano, a arbitragem tem certos criterios que devem ser seguidos mas em São Vicente passam ao lado, só para vos dizer como é possivel o Sr. Manuel Duarte que se possiciona como um defensor da arbitragem monear uma arbitra que era assistente sem nunca apitar um jogo regional e nacional passou por todos os criterios de nomeação e ela virou da noite para o dia arbitra central internacional devido a afinidades que todos que frequentam o campo sabe muito bem pq.

  2. Arbitro de SV

    Paulo parabens, quando não temos rabo prezo não devemos nada a ninguém, a arbitragem em SV é uma farsa, todos estão a procurar a braza para assar as suas sardinhas, em SV tudo é feito a margem da lei, as arbitras estão acima dos arbitros pq alguem anda a tirar dividendos pessoais, e o mais triste é que quem tem o rabo mais sujo prefere ficar a criticar nos bastidores e dp diz-se que é um grande defensor da arbitragem, pelo menos devia ter a vergonha na cara e ficar sossegado no seu lugar.

  3. Arbitro Sãovicentino

    Primeiro devo dar felicitações ao Paulo pela coragem, e dizer que este ano fizemos um teste fisico de grande esforço eu fui um dos que não teve exito no teste e passei varias jornadas sem participar nos jogos, mas no entanto uma arbitra nossa colega não fez o teste mas ela foi ao campeonato nacional na 1ª jornada, eu pergunto pq? sera que não existe democracia na arbitragem?ou existe motivos pendentes com a classe feminina? Haja vergonha seus dirigentes e deixam cada um avançar com merito proprio

  4. Arbitro são vicente

    Parabéns ao Paulo santos.concordo plenamente com o paulo,em s.vicente muitos arbitros são levados no colo,como é possivel o presidente nacional de arbitragem nomear arbitros de s.vicente para o nacional sem ver as prestacoes durante a epoca desportiva.todos os anos são as mesmos arbitros de s.v que são nomeados para o nacional.tomem vergonha.

  5. elvi ramos

    o senhor presidente do concelho Nacional de Arbitragem, parece que não tenho nenhum projeto para arbitros Nacionais; porque as nomeaçoes, todos os anos são as mesmas, ainda vou mais longe, será que o senhor presid. não dá valores aos jovens arbitros,
    ou será que as nomeaçoes são COLAR E COPIAR, por favor nos queremos mostrar aos caboverdeanos que s.vicente tambem tem arbitros serios e onesto. informo ao senhor que ainda estamos a trabalhar, e temos fé que o rei sempre cai

  6. elvi ramos

    o senhor presidente do concelho Nacional de Arbitragem, parece que não tenho nenhum projeto para arbitros Nacionais; porque as nomeaçoes, todos os anos são as mesmas, ainda vou mais longe, será que o senhor presid. não dá valores aos jovens arbitros,
    ou será que as nomeaçoes são COLAR E COPIAR, por favor nos queremos mostrar aos caboverdeanos que s.vicente tambem tem arbitros serios e onesto. informo ao senhor que ainda estamos a trabalhar, e temos fé que o rei sempre cai

  7. Membro da arbitragem

    Em primeiro ligar dou os parabens ao Paulo pela coragem, e dizer que isto ja esta a passar de uma aberração, pq, eu não sei qual são os criterios de nomeação, mas é dificil de acreditar que em cabo verde não exista outros arbitros conceituados, os mesmos arbitros no nacional, os mesmos no inter-ilhas os mesmos na taça de cabo verde, eu pergunto será então que a arbitragrem de CV esta de boa saude? talvez seja por falta de competitividade de tanto comodismo que nenhum arbitro de CV sai fora.

  8. arbitragem

    estão a criticar a arbitragem feminina em são vicente, mas não esquecem que na última formação de Elite de FIFA feita na cidade da Praia, as arbitras de são vicente passaram nos testes físicos enquanto que muitos ou quase todos os árbitros reprovaram, pensam nisso, pq se estão onde estão é por mérito próprios.

  9. SV

    Depende de qual merito que estas a falar se dentro ou fora do campo, ou se o merito esta na pouco vergonha de quem as nomeaou.

  10. E uma vergonha… Tb e so em Cape Verde que aparece comentadores desportivo ..na arbitragem sem formaccao…se Paulino Andrade foi afastado por motivo de formaccao…oque Sr Duarte esta a fazer…com td respeito…eu lembro que em 2010/11 ..o Melhor time de arbitragem …nao teve nenhum a chance no campeonato…Nacional..etc…queremos comentadores com formaccao…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.