Um grande , grande amor a natação e…

27/06/2013 00:10 - Modificado em 27/06/2013 00:10

PaulaPaula Soares ou simplesmente Paulinha, socióloga, desde pequena tem o hábito de nadar e tem a paixão pelo mar. Assim, a socióloga é hoje uma professora de natação desde 1999 onde fez a formação de monitora na Escola “Nho Fula”. Paula dá as aulas de natação na praia da Laginha e conta com alunos dos 2 aos 73 anos. A professora garante que a natação traz excelentes benefícios aos praticantes. Um dos seus maiores objectivos é desenvolver a natação em São Vicente.

Paulinha, assim é conhecida, dá aulas de natação o ano inteiro na praia da Laginha. Conta que mesmo sendo São Vicente uma ilha com belas praias onde é possível fazer praia o ano inteiro não existe, no entanto, uma cultura da natação como desporto. Tanto é que Paulinha dá aulas de natação desde 1999 mas só há dois anos é que conseguiu dar aulas de natação durante todo o ano. Acrescenta, no entanto, que na época dita de “Inverno” o número de alunos diminui consideravelmente.

A Laginha é de fácil acesso, sendo esse o motivo da escolha dessa paria, contudo, dar aulas nessa praia tem as suas desvantagens, isso porque a professora de natação diz que “a maioria das pessoas não sabe estar na praia, corre, suja, joga à bola e até os cães vão à praia”. Até já ouviu comentários como “a praia não é tua”, mas classifica esse tipo de situação de constrangimento mínimo porque até hoje, sempre deu aulas de natação na Laginha e sempre conseguiu contornar os constrangimentos. Paula diz ao NN que “não ensino aos meus alunos só a técnica da natação, mas também como estar na praia” sendo este um dos muitos benefícios de frequentar as aulas.

Os benefícios inerentes à pratica da natação são imensos, entre os quais a diminuição da incidência de doenças cardiovasculares, potencia a agilidade, aperfeiçoa a coordenação motora, activa a memória, combate o stress, melhora a auto-estima, entre outros benefícios indicados pela professora Paulinha que afirma que “a natação é a modalidade mais completa e mais acessível a todo o género de pessoas”. A entrevistada apela para que as pessoas incutam o mar no seu quotidiano e garante que, por experiência, estar no mar a praticar a natação é o momento em que se encontra consigo mesma.

Paula optou pelo curso de Sociologia com o objectivo de ser uma “Socióloga desportiva” e convergir o social e a natação. Contudo, a professora de natação declara que “devido à realidade sociocultural e económica da cidade do Mindelo, vejo que a necessidade de uma adequação de metodologias do aprendizado de natação para a difusão dessa prática desportiva solicita uma piscina municipal, isto porque as condições marítimas são diferentes mas, de momento, esse é o nosso único meio. O que pede um estudo cuidadoso para que possamos ir em frente neste sonho e brevemente realizá-lo”.

  1. zenaida

    Adorei querida. Força

  2. Helder Dias

    Essa fotografia que usaram não corresponde a reportagem. Paulinha merecia por exemplo, uma bela foto na Laginha

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.