Consumo ilegal de álcool: Corpo de Intervenção e BAC supervisionam menores

26/06/2013 00:31 - Modificado em 26/06/2013 00:31

menores alcoolO Corpo de Intervenção e a Brigada Anti-Crime prosseguem com a sua missão para impedir que os menores continuem a frequentar espaços de diversão nocturna e consumam bebidas alcoólicas na via pública. No âmbito desse plano de acção, as duas unidades policiais estão a intervir em várias zonas da ilha de São Vicente. O CI e a BAC têm a noção da difícil tarefa que se impõe, mas deixam um alerta: “onde quer que encontremos essas práticas, agiremos”.

 

O Comando da Polícia Nacional em São Vicente tem em curso uma acção para impedir a poluição sonora na via pública e ainda o consumo de bebidas alcoólicas no meio da rua. Esta missão que foi delegada ao Corpo de Intervenção e à Brigada Anti-Crime da BAC iniciou há alguns meses e destina-se também a evitar que menores estejam a consumir bebidas alcoólicas e a frequentar espaços onde a lei proíbe a entrada de menores de 18 anos.

Para impedir regadas de álcool entre adolescentes que vagueiam pelas mercearias nos bairros de São Vicente, por balaios, bares, minimercados e discotecas, as duas unidades da PN têm realizado operações de controlo na cidade do Mindelo, nos bairros, espaços comerciais e de diversão como: HI Step, Fantastique, Columbim, Pont D´ Agua, Syrius, Espaço Mindelense e Caravela.

 

Inspecção

Este online sabe que o CI e a BAC já encontraram menores no interior de alguns espaços de diversão nocturna, situação que ditou a identificação dos adolescentes e o encerramento dos locais com a entrega de uma nota de notificação aos responsáveis para se apresentarem às autoridades policiais.

Por outro lado, houve menores que foram encontrados a consumir bebidas alcoólicas no meio da rua e foram conduzidos ao Comando da Polícia Nacional, tendo sido os pais informados sobre o ocorrido e, nas situações de reincidência, o menor é encaminhado ao juízo de menores para que tome medidas de prevenção.

 

Sensibilização

Esta actuação policial com teor educativo que não se destina apenas a menores pretende evitar que haja desrespeito às normas do Código de Postura Municipal. “Isto porque, a poluição sonora na rua ou a permanência de menores em espaços para adultos é proibida por lei. E a venda e consumo do álcool tem os seus locais próprios, pelo que beber no meio da rua é considerado uma incivilidade que a Polícia está a combater e, em caso de reincidência, aplicam-se coimas”.

O NN apurou que as bebidas apreendidas e as que vierem a ser alvo de apreensão nos próximos meses serão destruídas pela Polícia Nacional, com conhecimento da Câmara Municipal de São Vicente e da Inspecção-geral das Actividades Económicas.

 

  1. E ESTA HEIN????

    Bom, nesse caso muitos policias deixarão de beber na rua tb, penso eu de que.

  2. Mindelense

    Isso mesmo, a sociedade agradece a ação destes grandes policiais. Seria importante que de agora em diante pediessem o BI na entrada destes locais e meus parabéns pela atuação em via pública, tanto menores como adultos não devem ser permitidos consumir bebidas alcoólicas na via pública, excelente PN. Para todos os adultos de bom senso mantenham informados e denunciem a PN os locais e as pessoas que promovem eventos que permitem a entrada e permanência de menores.

  3. Mindelense

    Já que os pais não estão nem aí pelos seu filhos menores, as autoridade não podem baixar o braço e nem a sociedade em geral, temos de fazer com que os nossos menores sejam adultos saudáveis no futuro, é por isso que apelo a todos que valorizem esses jovens menores que denunciem todos aqueles os permitem a entrar em locais de adulto e que lhes fornece ou vendem bebidas alcoólicas, eu vou fazer a minha parte com certeza denunciando anonimamente a PN destes locais e pessoas.

  4. Atento

    “…a venda e consumo do álcool tem os seus locais próprios, pelo que beber no meio da rua é considerado uma incivilidade que a Polícia está a combater e, em caso de reincidência, aplicam-se coimas”. Do meu ponto de vista é uma excelente iniciativa e um trabalho meritório das autoidades, mas todavia sabemos que existem POLÍCIAS que não respeitam as sua próprias regras, e fica aqui um reparo, QUEM IRÁ SUPERVISIONAR ESTES TIPOS, SERÁ A SOCIEDADE??!!!

  5. Figueiral

    Perguntarei onde estão os pais? Melhor formulando, onde estão as mães pois os pais renunciaram hà muito tempo a sua responsabilidade. Depuseram a sua esperma e portanto cumpriram a sua missão e continuam saltando de um lado para outro à procura doutra vitima. É lamentável que a Policia é que tomou a responsabilidade de educar as crianças. O primeiro passo para um Estado totalitário.

  6. edmar

    so agora ? deviam era fechar esse lugares que deixam menores consumir bebidas e cansam tristesa e tambem deviam comtrolar os policias os niveis de alcool por tem muitos q bebem e muit(nen todos) , arrumam a casa e depois a rua…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.