Donos da droga apreendida pela PJ ficam em prisão preventiva

26/06/2013 00:27 - Modificado em 26/06/2013 00:27
| Comentários fechados em Donos da droga apreendida pela PJ ficam em prisão preventiva

drogasO NN apurou que o Departamento da Polícia Judiciária em São Vicente concluiu as diligências para capturar os dois cidadãos da ilha de Santiago, suspeitos de tráfico de droga na ilha de São Vicente. Tidos como os donos de mais de quatro quilos de “padjinha” (Cannabis) apreendida numa residência onde viviam na zona de Chã D´Alecrim, os suspeitos foram detidos em São Nicolau e presentes ao Tribunal de São Vicente, tendo-lhes o juiz aplicado a prisão preventiva.

 

Na sexta-feira, 31 de Maio, a Polícia Judiciária realizou uma operação policial para deter dois suspeitos “traficantes” de estupefacientes. Os indivíduos com cerca de 30 anos chegaram da cidade da Praia por via marítima e estavam a residir numa casa em Alto de Doca, zona de Chã D´Alecrim e a PJ tinha indícios de que estavam a comercializar estupefacientes na ilha de São Vicente.

 

Investigação

No momento da busca, os agentes da PJ não encontraram os suspeitos em casa, mas conseguiram apreender 4,183 kg de “padjinha” que estavam depositados em sacos de plástico. O Departamento da PJ na cidade do Mindelo suspeitou que “os homens foram alertados de que haveria uma busca na própria casa, por isso, decidiram fugir para não serem detidos em flagrante delito”.

 

Detenção

Mas com a apreensão da droga, a PJ pediu um mandado de captura contra os foragidos. O NoticiasdoNorte apurou que os dois homens fugiram para a ilha de São Nicolau, porém, a autoridade criminal emitiu um alerta a nível nacional, pelo que com a identificação da estadia dos cidadãos nessa ilha, mandou detê-los e conduzi-los à ilha de São Vicente.

Os suspeitos “traficantes” de droga foram entregues às instâncias judiciais para a aplicação de uma medida de coacção. Com base nas provas apuradas em Tribunal, o Juízo Crime, o juiz entendeu que os dois homens deveriam aguardar o desfecho do caso na prisão.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.