Família de Alice espera que “Zezinho Catana” mostre o local onde estão os restos mortais

25/06/2013 01:11 - Modificado em 25/06/2013 01:17

Alice1Se a PJ conseguir fazer a identificação do local sem presença do suspeito ,pode seguir por essa via . E nesta fase do processo  é importante encontrar as ossadas para confirmar a confissão  do suspeito . E depois apurar se o corpo foi esquartejado  como garantiu Catana a PJ  e assim se começar a trabalhar com certezas e não com suposições.

 

Na sequência de uma investigação  realizada pelo NotíciasdoNorte sobre o desaparecimento  Alice dos Reis levantou-se suspeitas que o cidadão “Zezinho Catana” poderia ter ligação com o sumiço  dessa mulher. E a verdade é que a PJ veio confirmar as suspeitas com o anúncio de que “Catana” assumiu a autoria da morte de Alice. Por ora a família da vítima aguarda a chegada do homem à São Vicente para que este revele o paradeiro dos restos mortais.

 

Alice dos Reis, moradora na zona de Fernando Pó desapareceu a 22 de Julho de 2012 sem deixar rastos. Volvidos cerca de ano, como o caso da Terra Branca, onde um homem conhecido por “Zezinha Catana” assassinou o colega de quarto, José dos Anjos levantou suspeitas que o individuo  poderia ter envolvimento no desaparecimento de Alice , mulher com quem viveu em Fernando Pó.

 

Com a confissão de “Zezinho Catana” , a família de Alice está revoltada, e condena a atitude de “Catana” que era tido com um amigo dos familiares da vítima, em virtude da convivência que teve com Alice e a sua família .Inclusive chegou a participar nas buscas por Alice.

 

Contactado pelo NN, Adilson, filho  de  Alice sublinha esperar que haja justiça no caso, e que para acabar com o sofrimento da família, que as autoridades criminais tragam “Catana” a ilha de São Vicente para que este mostre o local onde se encontram os restos mortais de Alice dos Reis.

“As lembranças da morte da minha mãe vão ficar para sempre na memória da nossa família, mas queremos ultrapassar a situação que vivemos neste momento, que é saber onde estão os restos mortais de Alice. Queremos que a PJ traga Catana para que ele mostre as autoridades os restos mortais, para que possamos realizar um funeral digno a nossa mãe” assegura Adilson.

ZE Catana no Mindelo

O NN sabe que a PJ  estuda a possibilidade de trazer Catana a São Vicente  só em ultimo recurso “ pois é uma operação de alto risco , devido a revolta  e ódio que a população sente por esse individuo”. Por isso se a PJ conseguir fazer a identificação do local sem presença do suspeito ,pode seguir por essa via . E nesta fase do processo  é importante encontrar as ossadas para confirmar a confissão  do suspeito . E depois apurar se o corpo foi esquartejado  como garantiu Catana a PJ .

  1. fiat lux

    Há uma ferramenta que permite a localização do local sem que a pessoa esteja presente. Trata-se do google earth que pode/deve ser utilizado para que o autor do crime mostre o local. Sua deslocação a Mindelo poderá ser uma experiência extremamente má para as gentes desta ilha. Não é aconselhável, pois não passaria despercebido e a polícia ver-se-ia com um grande problema cujos resultados são absolutamente imprevisíveis.

  2. Maria HELENA SOARES.

    É que a nossa Lei facilita muito. Um criminoso neste caso deveria ser julgado e condenado por cada crime que cometeu e assomar as penas, porque todos nos sabemos que o Zezinho Katana irá apanhar o máximo, 25 anos de prisão.

  3. Badio

    O Cabuverdiano, é cu muito respeito mass cusas qui kel mos la dja aprontaaa,,,,si bem qui na nos terra nos Lei cata permite, masssss,,,, é pa depois qui Zé Catana caba de fra PJ, tudu alguem qui dje assasina, nhos pol maradu na praça pa tudu ques familia que sta sofredu, pa tral cada um si parte

  4. avé ami hoas ki n’da grandi n’cré ser sima ZE Catana

  5. Gustavo Silva

    Este homem (animal) deveria ser colocado na “alpina” sem direito ao minimo de condicoes humanas e deixa-lo morrer em sofrimento…com direito a visitas diarias da populacao e ouvir a revolta do povo …seria o minimo que justica poderia fazer.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.