Ryan Mendes: o prodígio mindelense está de volta a competição

24/06/2013 00:03 - Modificado em 23/06/2013 23:37

RyanContratado pelo Lille de França em 2012, depois de quatro anos no Le Havre, Ryan Mendes, é tido como uma das promessas do futebol cabo-verdiano, na medida que começa a dar os primeiros passos na projecção de uma carreira com boas prestações em termos das elites do futebol mundial. O extremo de 23 anos ao serviço do Lille teve o privilégio de se estrear na Liga dos Campeões. E fez parte da selecção de Cabo Verde que cumpriu o desígnio nacional de estar pela primeira vez numa fase final do Campeonato Africano das Nações.

Nascido na ilha de São Vicente, Ryan começou a dar os primeiros chutos na bola em campos de terra e, como qualquer menino nascido nas ilhas de Cabo Verde, carregava o sonho de chegar a uma equipa do futebol mundial. Caracterizado em campo pela sua humildade, técnica, velocidade e espírito para fazer golos, passou pela Académica do Mindelo e pelo Batuque FC.

Foi com o Batuque FC que rumou a França em 2008 para disputar um torneio internacional e a sua actuação despertou o interesse dos clubes europeus, mas foi o Le Havre de França quem garantiu os préstimos do jogador e foi neste clube francês que acentuou a sua forma de jogar futebol e que lhe valeu um lugar na selecção de Cabo Verde.

Prodígio

Ryan Mendes passou a ser uma peça importante na selecção cabo-verdiana, pelo que com alguns golos, contribuiu para que em 2013, os Tubarões Azuis marcassem presença pela primeira vez no Campeonato Africano das Nações. E a nível de clube, o extremo está a ter uma nova experiência em França, já que os dirigentes do Lille desembolsaram três milhões de euros para concretizar o desejo de ter este prodígio do futebol cabo-verdiano ao serviço do treinador Rudi Garcia.

Em entrevista ao NoticiasdoNorte, Ryan Mendes falou da sua experiência ao serviço do Lille e da sua prestação na selecção de Cabo Verde. Para o extremo, a participação no CAN 2013 bem como jogar a Liga dos Campeões pelo Lille, onde enfrentaram o campeão europeu Bayern de Munique, assim como as equipas do Valência e BATE representam o ponto alto da sua carreira como jogador profissional.

Experiência

“Chegar ao Lille foi o concretizar de um desejo que era o de chegar a uma grande equipa da Primeira Divisão Francesa. Do primeiro ano de serviço tenho boas recordações, porque joguei na Ligue 1 e contribui com golos e ainda alinhei na maior competição entre clubes, a Liga dos Campeões. Na selecção também tive momentos felizes, onde jogámos a grande nível no CAN e, em ano de estreia, conseguimos chegar até aos quartos de final da prova” sublinha Ryan Mendes.

Avaliação

O jovem internacional cabo-verdiano que está a concluir um processo de recuperação de uma lesão sofrida no CAN que o afastou dos relvados pelo resto da época, afirma que a avaliação da primeira época no Lille é boa, mas assegura que “vou dar o máximo de trabalho para responder às expectativas para a nova época que está prestes a iniciar”.

Questionado sobre como ocorreu a sua chegada ao Lille, Ryan explica que “o treinador do clube e os dirigentes falaram comigo, na medida que há dois anos que observavam as minhas prestações no Le Havre. E no último ano ao serviço deste clube fiz um trabalho bem concebido com muitos golos, por isso, o Lille propôs-me um contrato de quatro anos”.

Expectativas

Para a sua segunda oportunidade de se aventurar na Liga Francesa, o extremo espera estar a 100% a nível físico para dar o seu contributo ao Lille e por outro lado, regressar à convocatória de Cabo Verde. “Quero voltar a dar o meu apoio ao meu país nos jogos de qualificação e no Lille espero fazer uma grande época para voltar à Liga dos Campeões ou à Liga Europa porque é um clube que deve estar nas grandes competições.

 

  1. Dje Guebara

    Força criol de nosh terra.Me faz sentir orgulhoso de ser caboverdeano.Sigas sonhando Ryan,porque esta derrotado somente aquel que deixa de sonhar. Viva Caboverde,Viva Soncent.

  2. do lopes

    Errado quando dizem:Passou pela Acadêmica do Mindelo e pelo Batuque FC.
    Certo seria:Passou pelo futebol oficial pelo Futebol Clube Derby, e Acadêmica do Mindelo,
    Depois com o Batuque rumou a Franca.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.