Crime na Galé: Um dos suspeitos tinha sido absolvido do crime de homicídio

25/05/2012 06:57 - Modificado em 25/05/2012 15:23

A Polícia Judiciária prossegue as diligências para apresentar ao Juízo Crime da Comarca de São Vicente os três indivíduos, que assassinaram o cidadão francês, Jose Pelatz, de 69 anos. Os acusados assaltaram o iate da vítima que estava em reparações no cais da ex Onave, amarraram-no e espancaram-no. O cidadão francês foi socorrido pelos Bombeiros, mas veio a falecer no HBS. O NN sabe que entre os sujeitos está um individuo que em 2011 estava a ser acusado de um crime de homicídio, mas acabou por ser absolvido por falta de provas beneficiando do principio in dubio pro reo.

 

O cidadão francês,Jose Pelatzl, de 69 anos foi assassinado no seu iate, por três indivíduos que residem nas imediações do cais da ex Onave. Segundo o que apuramos a Brigada Investigação Criminal procedeu a detenção dos autores do crime e recuperou o portátil, três telemóveis e “uma quantia em dinheiro”, que os indivíduos subtraíram durante o roubo.

Os três indivíduos tinham por hábito frequentar a zona do cais da ex Onave. Por seu lado a vítima estava no local para proceder a reparação do seu iate que infiltrava água para o interior. Visto que antes havia arrestado o iate de nome, Magoer, para consertar algumas avarias, mas na tarde de quinta-feira regressou para corrigir a infiltração.

Porém a segunda passagem de Jose Pelatz pela ex Onave viria a terminar numa tragédia. O cidadão francês foi assaltado por três indivíduos que levaram alguns objectos que estavam no iate. Para consumar o acto, os infractores espancaram o cidadão deixando-o com ferimentos no corpo e lesões na região facial e craniana.

Ocorrência

A vítima foi encontrada na sua embarcação, por um colega de nacionalidade francesa, que accionou os Bombeiros. Pelatz foi transportado ao Hospital Baptista Sousa, ainda com vida. Mas, o homem não resistiu aos ferimentos e faleceu  por volta das 9 horas da manhã. Segundo o que apuramos, a vítima chegou a cidade do Mindelo, no dia 16 de Abril e o seu yate  estava atracado na Marina do Mindelo.

Por seu lado, os agressores foram detidos pela PN e  entregues a PJ, no sentido de providenciarem o processo para apresentação dos suspeitos ao Juízo Crime da Comarca de São Vicente. O NN sabe que entre os detidos está o um individuo, de 21 anos que em 2011 foi absolvido de um crime de homicídio qualificado.  Foi acusado de assassinar a facadas, um individuo conhecido por Kexada, nas imediações do INDP.

Indícios

Porém beneficiou do princípio de in dúbio pro réu, visto que o tribunal não encontrou provas concretas para condenar o jovem. Já que o caso não teve um testemunho de alguém que assistiu o crime, a não ser uma senhora que viu a vitima e o arguido juntos na noite do crime e a versão dos inspectores da PJ. Porém o juiz não validou os depoimentos dos inspectores da PJ que afirmaram que o arguido confessou o crime.

Nessa altura o magistrado proclamou a seguinte sentença “a conversa com os inspectores foi informal e não havia presença de um defensor oficioso. Por isso o tribunal declara que o arguido é inocente e que não existem provas suficientes para acusa-lo de homicídio qualificado”.

  1. Mindelense

    COMO SEMPRE VENHO DIZENDO AQUI, PARA ALÉM DAS LEIS QUE FAVORECEM A BANDITAGEM, OS JUIZES E ADVOGADOS VÃO CONTRIBUINDO PARA O AUMENTO DA VIOLÊNCIA NA NOSSA SOCIEDADE. SE O SUSPEITO FOSSE UMA PESSOA DO BEM, INTERROGADO PELA PJ, DE CERTEZA QUE O JUIZ IRIA INCRIMINAR ESSA MESMA PESSOA E MANDA-LO PARA A PRISÃO.

  2. Triste

    É um tristeza ,nôs terra ta vrá…Is ca podia rouba e txál vive.Devia apodrecé na cadeia.

  3. De oi na melon

    Se ele tivesse sido preso em 2011, agora em 2o12 não cometeria outro crime. A sociedade espera que desta vez se faça a justiça e que esse gajo vá a cadeia por muito tempo, antes que mate mais um. Mãos pesadas neses bandidos e crueis.

  4. Tafu

    Esses selvagens não precisam de serem julgados,porque é perda de tempo.É fazer um quadrado e fecha-lo lá dentro e para nunca mais verem o sol a nascer nem quadrado e não lhes facultar nem água e nem pão e a pancada todos os dias deixa-los apodrecer ali até a morte,senão os seus companheiros aprendam.Outra coisa para esses não há direito humano nem pensar e ai daqueles que aparecerem ali em esse nome,os familiares não devem ter acesso nenhum para fazer visitas.Pensem nisso com muito amor.

  5. C. Lopes

    Mesmo assim estes ´Juízes nunca mais aprendem que esses bandidos quando são liberados são mais piores.

  6. MLS

    É assim, matou na primeira vez mas não tinham provas, mata na segunda e dessa vez têm provas????? Coitado do homem que se foi, pois este individuo vai fazer ainda mais das suas. Essa é realidade cruel que estamos a viver em C. Verde, principalmente na minha terra que era um lugar pacato. Matar em C. Verde é a coisa mais normal que existe.

  7. daqui da terra

    esses juizes são iguais aos criminosos. aliás os tribunais estão a contribuir para o aumento da criminalidade em CV. não é a primeira vez que esses criminosos são postos em liberdade por alegada falta de provas. que me desculpem essa classe mas só posso concluir que os “juizes” também são apologistas da criminalidade em cv e não fazem nada para a diminuir. eles não entendem com a policia que faz um bom trabalho, não validam as provas apresentada pela policia, não se esforçam nos interrogatórios

  8. ccarlos spencer

    estaleiros onave a ,muito tempo que ladrões entra rouba e sai vai enbora sem punição
    e tem onde vender porque os compradores não são punidos
    eu fui roubado motor scania roda leme todas aparelhos de navegação chapa inox etc
    sei onde venderam sei quem foi incluindo funcionario de onave no entanto fiz queixa a policia judiciara até hoje estou a espera pela justiçia pouco tempo roubarem-me 2000 boias venderam a instituição indp. como entender uma instituição de estado comprar boias roubado.

  9. de paris

    em cabo verde nao ha justiçe e o juiz devem ser violado mais pour parte deriere asim eles vao tomar mais responsabilidade com os bandidos em cap vert fogo e mesmo triste R.I.P

  10. MLS

    Ninguem tem direito a tirar a vida a nenhuma pessoa. Deviam fazer como em alguns paises, Pena de Morte aos assassinos. Mas isso em C. Verde é demais tendo em conta que matar uma pessoa o maximo é 15 anos, portanto com bom comportamento sai mais cedo com o corpo todo musculado, com formações, dentro de um hotel de 5 estrelas, o que podemos esperar???? Isto é uma indignação. Depois veem com historia de direitos humanos na cadeia.

  11. cv de mal a pior

    Essa é boa, dois crimes em menos de 1 ano…. e depois vão para o paraíso com direito a tudo e mais alguma coisa: comer a hora certa, conviver aos fins de semanas, ginásio, formação profissional etc, etc…. na custa de nós os coitados que trabalhamos honestamente para sustentar os larápios.

  12. Djon Mar Azul

    È lamentavel a quantidad de mindelenses que exibe aqui comentàrios carregados de violencia e raiva excessiva. Temos de ser mais tolerantes e tentar compreender o què e o porquè da existencia de alguma criminalidade em S. Vicente. Muitos de vocès que comentam tambèm teem familiares envolvidos em crimes,como è o caso do sr. mindelense e Carlos Spencer que para mais ainda è rico e bajofo!!! Não cuspam para o ar…

  13. hl

    Fico pensando quem é mai bandido, o assino confesso ou o juiz que o manda matar. Os tribunais estão cheio de bandidos bem vestidos e bem pagos, que mandam matar. com certeza que o bandido do juiz ira coloca-lo na rua de novo mesmo que confessa o crime, porque ninguem viu.

  14. CP

    INFELIZMENTE NAO TEMOS PENA DE MORTE.
    ESTES CRIMINOSOS KATEM LUGAR NA SOCIEDADE.

  15. Bo tem razao uvi , ate do melhor carne ej te kme , enquant ke tcheu coitod te ba deta sem nada pe kme. Um tava te estuda direit ne 12ano no ba pum visit de estud ne cadeua de sai vicent, kej pres tem vida boa , 3 refeicao pir dia sem trubaia enquant ke li fora tcheu cuitod katem nem um refeicao. Pa falob verdad dam graca de estod ne cadeia , moda ej te dze estod ne cadeia e moda se bo te ne estranger, bo te vra bnit e fort, mas pemi ej te estod mas sabe do ki ne estranger , por iss ej ke te mud.

  16. ridlav

    tanto trabalho da policia para nada no tribunal .esses juizes sao culpados pelos crimes que vem aconyecendo pa. onde é que eles estudaram. isso tem de mudar. abaixo os juizoe e as suas leis. se as leis nao servem é melhor os governos muda-las.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.