Senadores criticam Rússia e China por causa de Snowden

23/06/2013 22:23 - Modificado em 23/06/2013 22:23
| Comentários fechados em Senadores criticam Rússia e China por causa de Snowden

publico“Não é assim que os aliados se devem tratar, penso que isto terá consequências sérias nas relações entre os EUA e a Rússia”, diz o senador dos EUA Chuck Schummer.

 

Vários membros do Congresso norte-americano criticaram este domingo a atitude da China e da Rússia depois da chegada a Moscovo de Edward Snowden, que os Estados Unidos acusam de de espionagem e roubo de propriedade.

 

“[Vladimir] Putin parece sempre pronto a provocar os EUA, seja sobre a Síria, o Irão e agora com Snowden”, disse à televisão CNN o senador democrata Chuck Schummer, estimando que o Presidente russo estava certamente a par da chegada do ex-consultor informático. “Não é assim que os aliados se devem tratar, penso que isto terá consequências sérias nas relações entre os EUA e a Rússia.”

 

Dianne Feinstein, a democrata que preside à comissão dos Serviços Secretos do Senado, mostrou-se muito surpreendida por Snowden ter podido abandonar Hong Kong, a região administrativa com uma autonomia limitada face à China, onde já estava quando a documentação que enviou para jornais sobre as actividades da Agência de Segurança Nacional começaram a ser publicadas.

 

“Pensava que a China visse aqui uma ocasião para melhorar as relações com os EUA e o extraditasse. A China teve certamente um papel”, disse Feinstein ao canal CBS. “Não penso que tenha sido só Hong Kong, sem o aval da China.”

 

Rand Paul, o republicano que defende Snowden em nome da transparência do Estado, afirmou esperar que o jovem de 30 anos não se refugie num país “inimigo”. “Se ele for para um país independente como a Islândia e recusar falar do que sabe a outros países, pode ser visto como um defensor da protecção da vida privada. Mas se fica na Rússia, na China ou em qualquer Estado visto como inimigo, isso será um problema para ele na história.”

 

Depois de informações que davam conta de que viajaria para a Venezuela, o Equador confirmou ter recebido um pedido de asilo de Snowden.

 

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.