Cidadão francês assassinado na zona da Galé

24/05/2012 14:57 - Modificado em 24/05/2012 17:11

Um cidadão francês de 69 anos foi assassinado no seu iate na madrugada de quinta-feira. A Policia Nacional foi chamada a zona da Galé onde encontrou o corpo com ferimentos, mas  ainda com vida .  NN sabe que  os ferimentos resultaram de  socos e pontapés que foram desferidos por três individuados     Mas, o homem não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital Batista Sousa por volta das 9 horas da manhã. A PN apurou que o cidadão foi agredido na sequência de um roubo feito por três indivíduos que roubaram um portátil, três telemóveis, e “uma quantia em dinheiro” que a PN não precisou. Aguinaldo Melício, comandante operacional da PN em São Vicente, disse que os suspeitos já foram detidos e que vão ser apresentados ao juiz de instrução. Segundo informações da polícia o cidadão encontrava-se sozinho no iate e os suspeitos deditos são indivíduos que frequentam a zona da Galé.

  1. Karina

    Isso é muito triste

  2. babyvaz

    Cabo Verde – referencia de africa, Coitados.
    Se fosse na Guine a historia seria a outra no mundo fora(portugal)

  3. Carlos da Graca

    Infelizmente essas coisas acontencem em toda a parte do mundo, mas espero que as autoridades da nossa querida terra vao fazer tudo o que puderem para que a imagem de cabo verde nao ficar suja nos olhos dos turistas que visitam o pais senao podemos dizer, adeus aos turistas que vao escolher outro pais mais socegado para passarem as suas ferias.

  4. euclides

    Isso deixa-nos envergonhados mas que fazer , pois esse sentimento de impotência revolta-nos é assim que vai o nosso país e em especial a nossa ilha abandonada . Elegemos há bem pouco tempo deputados que nos transmite uma sensação de incompetência pois nada fazem e quase não se ouvem no parlamento pois o partido deles quiseram e foi essa gente que eles nos impingiram.. Porque não votam leis maisseverasnoParlamento facilitando os tribunais no seu desempenho. ? LUXO,BONS CARROS E UM GOVERNO?

  5. Joaquim ALMEIDA

    Nao hà palavras e nem adjectivos para qualificar esta acto!.. E simplesmente inimaginàvel nosso pais actual , esse tipo de acontecimento . Hà que sensibilizar o povo num pais tao pequeno como o nosso , esse tipo de ( MASSACRE ) nao devia acontecer em Cabo Verde, ainda mais com estrangeiros . Custa-me acreditar tal acontecimmento !. Enfim vamos a ver qual serà a atitude do aparelho da justiça .Que a justiça seja feita o mais breve possivel e que os assassinos sejam punidos como manda a lei !

  6. da luz joao

    ses miserable doit porrir em prison

  7. Jose Rui

    Lamentavel,que sejam punidos sem dô nem piedade do mesmo geito que fizeram o amigo estrangeiro.Só nos envergonha estes malfeitores.A nossa morabeza fica manchada com este acto ignóbil.

  8. …os caboverdeanos sempre são violentos,
    ….sinal do desenvolvimento.
    ….não se preocupa os criminosos estão todos identificados.
    ….vamos ter um segundo encontro com os tags por causa da violaçaõ da clasula nº.5 do acordo .

  9. indignada

    vamos continuar a sofrer porque esses malvados säo mais bem tratados do que os vitimados, väo para prisäo passam 5 ou menos anos do que isso, têm tudo do bom e do melhor enquando estiverem presos, o que é que queremos? Aqui na rua näo väo encontrar a boa vida que têm na cadeia entäo voltam a matar para poderem regressar para o bem estar dormir bem, comer de bom e melhor, ver tv, ouvir musica etc… há muitos que näo têm nada . Nós trabalhamos para eles.

  10. humberto fortes

    pois é depois venham falar que o turismo é um dos trunfos para desenvolvermos cabo verde,se caço body, assassinatos de estrangeiros,doentes mentais a fazer serviço de protocolos nas ruas,um pais sem plano um roteiro turistico.Que venha mais aqui é o pais.

  11. Sempre defendi o tema de que BOM SERIA DE VIVER EM PAZ COM TODOS OS POVOS DO MUNDO!!! Mas quem diria?! Nós que conhecemos a MORABEZA e a SOLIDARIEDADE humana baseada naquel respeito muito das nossas queridas mães que souberam passar a mensagem, nas nossas ruas onde crescemos bricando no Midelo-São Vicente de Cabo Verde.Para nós isso até parece impossivel e não podemos ficar indiferentes sem manifestar. Mas todos somos bem conscientes que isso foi coisa introduzida com o acréscimo populacional da Ilha o desemprego e o contacto com gentes oriundas de zonas que nem sabemos de onde vieram???!!! Enfin, Tristesses que de tristesses e isso não arranja as cosas no aspecto Turistico do term e seu apport em devisas úteis aom país e seu povo.Esperemos que dias melhores virão afim de evitarmos esse estado de coisas.

  12. Deviamos passar a aplicar as Leis do Rei Salomão como na Arábia Saudita de “OLHO POR OLHO DENTE POR DENTE…” ou melhor se matares deves ser julgado e morto
    afim de evitar que continues a prejudicar a sociedade…Bando de assassinos que veem contribuindo a sujar a boa face do nosso Mindelo de S.Vicente Cabo Verde.

  13. Ivanilda Medina

    Eu poderia dizer muita coisa mas por agora so digo que pena nao poder falar do meu Cabo Verde como um dos paises mais seguros da Africa. Vivo numa cidade cosmopolitana (Pequim) e devido a tanta barbaridade que tem acontecido em Cabo Verde, parei de promover a boa imagem do pais. Sera que estamos a perder a nossa identidade social?

  14. Alfredo Gomes

    ISTO É UMA VERGONHA, E É TAMBÉM O REFLEXO DA ESCOLHA DO GOVERNO QUE SÓ SE PREOUCUPAM QUEM É QUEM, QUEM FEZ E QUEM NÃO FEZ, QUEM ROUBOU E QUEM NÃO, E NÃO SE PREOUCUPAM COM OS PROBLEMAS QUE MAIS AFECTA OS CABOVERDIANOS.
    (TEMOS QUE TER CUIDADO, QUÊ O OBJECTIVO É TORNAR S.VICENTE ILHA DE PESCADOR).

  15. joão pedro morais go

    Porra, e isso não é nada. com os políticos que temos, a tendência é piorar, as leis favorecem os bandidos enquanto vamos pagando cada vez mais impostos para sustentá~los, bem como a boa vida desses políticos incompetentes e ladroes.

  16. Franco

    Ces gents qui ne savent pas ecrire le francais.Paxenxa propi.
    ” ses miserable doit porrir em prison”. Sera que e o frances de um portugues?

  17. Para franco

    “ces gens”, pas “ces gents”… Bo cris salta mas lonje ma bo da topada…

  18. AIBU

    gente ca devê dscrimina cmanera que cada um ta screvê francês ô ote linga.ao menos bsot compriendê o quiê que ess pssoa cris dzê.so criol é qtem ess complexo de stod ta gozâ conte um pssoa scrvê ô fala mal ote linga,alias gente é que é burro é qta agi assim.”enfim”.falonde dess problema de segurança na saocente,es divia era pô policia militar mas na rua pas isda pn. ta fazê ronda moda um vez e quase tava tem mas segurança e respeito.em vez de stod na cortel sem fazê nada.

  19. AIBU

    ja bocê oia sr. Franco.gente ca devê fazê critica negativa.mesmo bocê ca sabê screvê francês.ess topada foi bem dode moda es respondê bocê.pa proxima bocê fazê cuidod pamode é unha é qta scua.

  20. Alberto José Gomes

    Já é tempo de implantar a PENA de MORTE. cadeia já não funciona para os assassínios, que andam por aqui a matar pessoas ao seu belo prazer. Que direito eles têm de atacar roubar e matar, para depois serem protegidos pelos DIERITOS HUMANOS?.
    As lei em Cabo Verde favorece os criminosos (bandidos assassínios) considerados perigosos.
    BASTA dessas leis de conveniência
    Se continuar assim Cabo Verde vai-se tornar um BRAZILIM, em pouco tempo.
    E preciso mais acção e pouca conversa

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.