Turquia : a paciência de Erdogan chegou ao fim

12/06/2013 00:32 - Modificado em 12/06/2013 00:32
| Comentários fechados em Turquia : a paciência de Erdogan chegou ao fim

ErdoganA polícia turca evacuou na terça-feira à noite a praça Taksim, jogando bombas de gás lacrimogéneo nos milhares de manifestantes que se concentraram mais uma vez no local para pedir a demissão do primeiro ministro ReceppTayppErdogan. 
 

A contestação no país, que teve início no fim de maio, vem sendo violentamente reprimida pela polícia. O primeiro-ministro já declarou que não vai tolerar novos protestos, cujo objetivo, diz, seria “plantar o terror.”

Para afastar os manifestantes, a polícia utilizou, além do gás lacrimogéneo, jactos de água e tiros de borracha. As barricadas montadas pelos opositores foram destruídas por escavadeiras, que também arrancaram cartazes e bandeiras com dizeres hostis ao governo.

Durante todo o dia houve confrontos entre os policiais e os grupos de jovens, armados com pedras e coquetéis Molotov. No fim do dia, a polícia se retirou da praça, que ficou novamente cheia de manifestantes. Mas cerca de uma hora mais tarde decidiu evacuar o local, deixando diversos feridos.

Nesta quarta-feira, opm turco deverá se encontrar com representantes do movimento de contestação. Algumas organizações convidadas para a discussão, como o Greenpeace, já divulgaram que não estarão presentes. Nesta terça-feira, os policiais também prenderam 73 advogados que denunciavam a violência da polícia no palácio de Justiça de Istambul.

As manifestações na Turquia tiveram início em protesto contra um projeto de reforma da praça Taksim, que foi o estopim para um movimento maior, que pede a demissão do pm, acusado pelas violentas intervenções da polícia e pelas tentativas de islamizar o país. Desde então, o local foi ocupado todas as noites, antes da intervenção da polícia, que vem reprimindo violentamente os protestos.

Mais de 5 mil pessoas ficaram feridas durante as manifestações na Turquia. Ontem  noite a prefeitura de Istambul anunciou que a prefeitura vai  manter as operações até evacuar completamente a praça Taksim.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.