Falso veterinário provoca a morte de dois cães

5/06/2013 01:25 - Modificado em 5/06/2013 07:40
| Comentários fechados em Falso veterinário provoca a morte de dois cães

Indivíduo examina animais em nome da Si Ma Bô_Dois cães morreram, e outros estão doentesA associação de defesa dos animais Si Ma Bô veio a público denunciar aquilo que considera ser uma fraude: um cidadão residente na ilha de São Vicente está a fazer-se passar por um funcionário da associação e propõe tratamentos de animais a domicílio, em troca de dinheiro. O caso já foi entregue à polícia, porque já foram registados casos de mortes e de doença em cães tratados pelo homem.

 

A direcção da Si Ma Bô salienta que “pelo menos dois cães já morreram nos últimos dias na sequência da intervenção desse impostor, dois estão doentes com inchaços no pescoço e um quinto chegou à nossa sede com um problema muito grave numa pata provocado por injecções que recebeu”.

Depois de alertar a população de São Vicente sobre a situação, a associação de defesa dos animais constatou que o indivíduo manteve essa prática, que a gestão do SI Ma Bô considera ser “criminosa”, por isso, dirigiu-se ao Comando da Polícia Nacional para apresentar queixa.

Segundo os responsáveis da associação “a pessoa em questão apresenta-se em casa das pessoas com um cartão que o identifica como pertencendo à Si Ma Bô e oferece tratamento para os animais domésticos em troca de benefícios financeiros”.

Mas a Si Ma Bô esclarece que o projecto não faz qualquer tratamento a domicílio, porque as normas de trabalho definem que todo o atendimento ao público é feito na sua sede. “A Si Ma Bô não tem a vocação de fornecer tratamento veterinário a título privado e não realiza esse tipo de serviço de forma alguma, de modo que estamos a ser vítimas de uma fraude”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.