Polícia Nacional recupera o cofre com 300 contos roubados de um posto de combustível

29/05/2013 00:07 - Modificado em 28/05/2013 22:35
| Comentários fechados em Polícia Nacional recupera o cofre com 300 contos roubados de um posto de combustível

cofreO Comando da Polícia Nacional na cidade do Porto Novo, ilha de Santo Antão prossegue com uma investigação para identificar os autores de um assalto ao posto de venda de combustível da Enacol na zona do Bairro. A Polícia conseguiu recuperar um cofre com cerca de 300 mil escudos, que foi levado do local, e agora procura os gatunos.

 

No domingo por volta das cinco horas, a Polícia Nacional recebeu uma denúncia de que um cofre que continha todo o dinheiro arrecadado pelo posto de combustível da Enacol, na localidade de Bairro foi roubado, a PN iniciou as diligências para recuperar o dinheiro.

E na segunda-feira, durante um processo de busca, os agentes da Polícia Nacional encontraram o cofre, ainda intacto e com todo o valor do dinheiro no seu interior, debaixo de algumas árvores situadas nas imediações do posto de combustível. E tudo indica que a hora em que ocorreu o assalto, e o peso do cofre terão sido dois factores que impediram os ladrões de fazer o seu transporte para um outro local.

O NN apurou que a Brigada de Investigação Criminal do Comando da PN no Porto Novo prossegue com as investigações para deter os autores do roubo, e leva-los às instâncias judiciais para aplicação de uma medida de coacção pela prática desse delito.

De acordo com a Polícia “as diligências estão a ser feitas para saber como é que ocorreu o assalto, e quais as circunstâncias que motivaram a ausência do guarda. Isto porque, há indícios de que ele foi ludibriado por alguém que lhe telefonou a afirmar que a sua mãe estaria com problemas de saúde, por isso abandonou o local de trabalho, e na sua ausência roubaram o cofre onde depositavam o dinheiro da venda de combustível”.

As autoridades policiais sublinham que a recuperação do dinheiro permitiu anular os prejuízos, que o roubo causaria a empresa. Mas que o próximo passo é tentar identificar os autores, como forma de impedir que continuem a praticar delitos na cidade do Porto Novo, bem como entrega-los às instâncias judiciais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.