Governo britânico admite ligação terrorista em ataque mortal em Londres

23/05/2013 01:43 - Modificado em 23/05/2013 01:43
| Comentários fechados em Governo britânico admite ligação terrorista em ataque mortal em Londres

Uma pessoa foi morta na tarde desta quarta-feira, na região de Londres, por dois homens armados com machetes e uma pistola. O ataque só terminou com a chegada da polícia, que disparou contra os suspeitos.

 

Segundo os media britânicos, o Governo do país admite a possibilidade de se tratar de um ataque terrorista, pelo que pediu uma reunião de emergência do gabinete responsável pela gestão de crises, conhecido como Cobra (Cabinet Office Briefing Rooms).

 

Segundo a BBC, que cita fontes do Governo não identificadas, a suposição de que se trata de um ataque terrorista é “razoável”, mas a polícia não fez qualquer comentário sobre o que terá motivado o caso.

 

O mayor de Londres, Boris Johnson, classificou o ataque como “um acto de violência repugnante e imperdoável”, numa mensagem publicada no Twitter.

 

Testemunhas ouvidas pela BBC e pelo The Guardian dizem que dois homens armados atacaram um homem que aparentava estar trajado com um uniforme militar. A BBC avança que algumas testemunhas ouviram os homens a gritar “Allahu Akbar” (Deus é grande).

 

“Aqueles tipos estavam doidos. Eram autênticos animais. Arrastaram-no [ao homem morto] do passeio e deixaram o corpo dele no meio da estrada”, disse uma testemunha, identificada apenas como James, à rádio LBC.

 

A mesma testemunha disse que os atacantes – que aparentavam ter ambos cerca de 20 anos, tal como a vítima mortal – brandiam as armas (entre as quais várias armas brancas e uma pistola) e pediam que lhes tirassem fotografias, “como se quisessem aparecer na televisão”.

 

“Estavam abstraídos de tudo. Estavam mais preocupados com o facto de lhes tirarem fotografias e a correrem de um lado para outro”, contou a testemunha, citada pelo site da BBC.

 

“Por volta das 14h20 desta tarde [quarta-feira], a polícia foi chamada por causa de um ataque na Rua John Wilson, em Woolwich, em que um homem estava a ser atacado por outros dois homens”, disse à BBC o comandante da Polícia Metropolitana Simon Letchford.

 

“À chegada, os agentes encontraram um homem, que foi mais tarde dado como morto. Nesta fase, não consigo avançar mais informações sobre a vítima mortal”, disse o mesmo responsável.

 

 

 

publico.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.